NOSTALGIA

Dia da saudade: 5 coisas em São Luís que fazem falta (ou não)

Sem um motivo aparente para o dia, foi convencionado então que um sentimento tão inexplicável que traz boas recordações, tinha que ser comemorado.

Foto: Reprodução

Já dizia a música de Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira,  “se a gente lembra só por lembrar o amor que a gente um dia perdeu, saudade inté que assim é bom…”. O sucesso, que foi regravado por Dominguinhos e Gilberto Gil, expressa bem esse sentimento bonito quando sentimos falta de algo ou alguém.

Hoje, 30 de janeiro, é comemorado o dia da saudade! Mas você sabe de onde veio a data comemorativa?! Se não, vamos te ajudar com isso.

Saudade é uma palavra designada do latim solitas, que significa solidão. A história conta que a expressão surgiu na época da colonização do Brasil, já que os portugueses sofriam com a distância de sua família, sua terra natal. Sem um motivo aparente para o dia, foi convencionado então que um sentimento tão inexplicável que traz boas recordações, tinha que ser comemorado.

Depois dessa breve explicação, O Imparcial resolveu desejar um feliz dia da saudade cheio de recordações da nossa cidade. Vamos relembrar?!

Cinemas de ruas

Foto: Reprodução

Sabemos que cinemas hoje em dia não faltam nos shoppings centers da capital. Mas você já frequentou algum dos cinemas de ruas aqui de São Luís?! Eles eram febres há algumas décadas atrás.

Cine Monte Castelo, Cine Éden, Cine Passeio, Cine Rex, Cinema Colossal, Cine Roxy eram alguns dos cinemas “tops” da cidade. Garantia de entretenimento entre os jovens e adultos da época, os cinemas eram ponto de encontro de amigos.

Leia mais: Cinemas de Ruas

Próxima »1 / 5
VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias