CRIME

Preso suspeito de ter assassinado idosa de 106 anos no Maranhão

De acordo com informações da Polícia Civil, o suspeito foi preso numa van, no povoado Alto Bonito, entre os municípios de Riachão e Carolina

Foto: Divulgação/ Polícia Civil

Foi preso na tarde desta quarta-feira, 23, por meio da Polícia Civil, o principal suspeito de ter matado a pauladas a idosa Antônia da Conceição Silva, de 106 anos, em Feira Nova do Maranhão, Alímpio Noleto da Silva, de 24 anos que seria sobrinho neto da idosa.

De acordo com informações da Polícia Civil, o suspeito foi preso numa van, no povoado Alto Bonito, entre os municípios de Riachão e Carolina. Contra o suspeito já havia um mandado de prisão temporária. Ele será apresentado pela Polícia em Balsas.

O caso chocou a população da cidade e ganhou grande repercussão nacional. Durante as investigações, a Polícia levantava a hipótese que a idosa tivesse reconhecido o assaltante. Por isso teria sido agredida.

Na casa da idosa, a polícia também encontrou um bastão de madeira com marcas de sangue, que pode ter sido usado para agredir a idosa.

Entenda o caso

Uma idosa de 106 anos foi encontrada morta com marcas de pauladas e sinais de estrangulamento no último sábado (17) dentro de sua própria casa, em Feira Nova do Maranhão, cidade com pouco mais de 8 mil habitantes, a 805 km de São Luís. Segundo a Polícia Civil, a principal suspeita é latrocínio (roubo seguido de morte), uma vez que R$ 30 da vítima foram levados..

A idosa era uma das moradoras mais antigas do município de Feira Nova do Maranhão, que tem pouco mais de oito mil habitantes e havia completado 106 anos no mês passado.

O laudo mostra que a vítima sofreu traumatismo craniano e pode ter sido arrastada pelos cômodos antes de morrer. Foram ouvidas 14 testemunhas, entre parentes e vizinhos, e a polícia aponta que o invasor matou a idosa quando ela o reconheceu, enquanto invadia sua casa.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS