COMBATE AO CRIME

Polícia Federal deflagra operação contra pornografia infantil no Maranhão

No Maranhão já foram cumpridos  mandados de busca e apreensão, sendo um em Zé Doca e outro em São Luís. Duas pessoas foram presas em flagrante

Foto:: Divulgação

Foi deflagrado na manhã desta quinta-feira, 22, a operação da Polícia Federal que investiga crimes relacionados à pornografia infantil. No Maranhão já foram cumpridos  mandados de busca e apreensão, sendo um em Zé Doca e outro em São Luís. Duas pessoas foram presas em flagrante.

Estão sendo cumpridos outros 60 mandados de busca e apreensão nos estados de Alagoas, Bahia, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Santa Catarina, Sergipe, São Paulo e no Distrito Federal. A operação conta com cerca de 300 policiais federais.

Segundo informações da Polícia, durante as buscas materiais pornográficos foram encontrados em computadores e dispositivos eletrônicos dos criminosos.

Os crimes investigados pela Polícia Federal se dão por conta do armazenamento e  divulgação internacional, pela internet, de imagens e vídeos de pornografia infantil. As penas desse tipo de crime podem chegar a seis anos de reclusão e multa.

Além disso, a Polícia Federal também investiga crimes de violência sexual contra crianças e a produção de material pornográfico ilícito. As penas para este tipo de crime podem chegar a 15 anos de reclusão.

A operação foi intitulada Atalaia em referência ao termo árabe que significa tanto “torre de observação” quanto a pessoa encarregada de vigiar determinada área.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS