POLÍCIA

São Luís já registrou 55 assassinatos em outubro

Maior número de ocorrências é de homicídio doloso, quando há intenção de matar. Chama atenção a quantidade de assassinatos ocorridos no ultimo fim de semana

O mês de outubro já contabilizou até ontem (23), segundo o relatório de estatística da Secretaria de Segurança Pública (SSP MA), 55 mortes somente na Região Metropolitana. Foram 30 homicídios dolosos, sendo 25 por arma de fogo e seis vítimas de acidentes de trânsito, qualificado como homicídio culposo, que é quando não há intenção de matar. O mês de outubro do ano passado contabilizou 56 mortes.

Chama a atenção que no último fim de semana, contabilizando os dias 19, 20 e 21 (sexta-feira, sábado e domingo), foram 16 homicídios dolosos, sendo 13 com armas de fogo. Os crimes ocorreram na capital, em São José de Ribamar e em Paço do Lumiar. Também contabilizam a estatística as mortes em confronto com a polícia (7) e a ocorrência de suicídio, 6. Dentre as mais recentes vítimas, estão Jadiel Pereira da Luz, pastor que foi assassinado a tiros no último domingo (21) no bairro Moropoia, em
São José de Ribamar. Segundo informações, o pastor estava voltando do culto quando foi surpreendido por homens dentro de um carro, que dispararam contra ele. A vítima morreu antes de a ambulância chegar ao local. O assassinato de Jadiel está sendo investigado pela Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa.

Newton Rocha Mendes, 57 anos, foi outra vítima deste mês de outubro. Ele era vigilante e foi assassinado no sábado (20), no Turu, quando estava no local de trabalho. Foi morto por dois homens, que, segundo a polícia, ainda não foram identificados. Eles pularam o muro do condomínio que estava em construção e mataram o vigilante. O corpo da vítima foi encontrado minutos depois por um colega de trabalho. A Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA) abriu um inquérito para investigar a morte do vigilante.

Outra morte recente foi a de Antônio da Silva Paozinho, de 19 anos, da Cidade Olímpica, ocorrida na se gunda-feira, 22. Segundo o Centro Integrado de Operações de Segurança (CIOPS), o rapaz foi baleado por um homem que passava de bicicleta.

Preocupação

Nos meses de setembro e outubro ocorreram até agora oito suicídios. Segundo a psicóloga Vivia Bastos, é preciso que as pessoas percebam o que acontece à sua volta. “Há que se prestar atenção também nessas ocorrências de suicídio. Isso é grave e precisa haver uma prevenção, um cuidado, um tratamento, porque as pessoas estão tirando suas vidas. E isso é preocupante”, comenta.

Números

Em relação ao ano passado, o mês de outubro teve 56 mortes, e em setembro foram 33. Neste ano, no mês de setembro, foram 48 mortes, sendo 29 homicídios dolosos e nove mortes acidentais no trânsito.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS