OPORTUNIDADE

IFMA oferece 6640 vagas em cursos técnicos de nível médio

Os interessados tem de hoje, 20, até o dia 03 de setembro para solicitar a isenção. As inscrições regulares acontecem de 05 de setembro até o dia 05 de outubro. As provas serão aplicadas no dia 02 de dezembro.

O Instituto Federal do Maranhão (IFMA) torna público o edital referente a processo seletivo para cursos técnicos de nível médio destinados ao ano de 2019. Ao total, serão oferecidas para ingresso nas modalidades Integrada, Concomitante e Subsequente, 6640 vagas.

As oportunidades estão disponíveis nos 29 campi do IFMA em 27 cidades do Estado, sendo eles: Açailândia, Alcântara, Araioses, Bacabal, Barra do Corda, Barreirinhas, Buriticupu, Carolina, Caxias, Codó, Coelho Neto, Grajaú, Imperatriz, Itapecuru-Mirim, Pedreiras, Pinheiro, Presidente Dutra, Porto Franco, Rosário, Santa Inês, São José de Ribamar, São João dos Patos, São Luís – Centro Histórico, São Luís – Maracanã, São Luís – Monte Castelo, São Raimundo das Mangabeiras, Timon, Viana e Zé Doca.

Podem participar candidatos que já concluíram ou estão cursando em 2018, a 8ª ou 9ª série do Ensino Fundamental (para a modalidade Integrada); Estudantes que estão cursando, em 2018, a 1ª série ou 2ª série do Ensino Médio (para a modalidade Concomitante); e candidatos que já concluíram ou estão concluindo, em 2018, o Ensino Médio (modalidade Subsequente).

Inscrições

Os interessados tem de hoje, 20, até o dia 03 de setembro para solicitar a isenção. As inscrições regulares acontecem de 05 de setembro até o dia 05 de outubro. As provas serão aplicadas no dia 02 de dezembro.

Provas

As provas previstas para serem realizadas no dia 02 de dezembro, terá duração de quatro horas e será composta de 40 questões de múltipla escolha, sendo 20 questões de Língua Portuguesa e 20 questões de Matemática. Os programas para estudo constam no edital. O resultado tem previsão de divulgação em 09 de janeiro de 2019, no portal do IFMA.

Em cada curso, 50% das vagas serão destinadas aos candidatos egressos de escola pública. Dessas, metade são reservadas aos candidatos com renda familiar bruta igual ou inferior a um salário  mínimo e meio per capita; e a outra metade será reservada aos candidatos com renda familiar bruta superior a um salário mínimo e meio per capita. 77%  das vagas de cada grupo serão reservadas para os que se declararem pretos, pardos e indígenas. Conforme o sistema de cotas, a porcentagem a ser aplicada para pretos, pardos e indígenas deve seguir os dados do censo do IBGE. Realizado em 2010, o último censo informa que esse índice populacional no Maranhão é de 77%.

O Instituto reserva também, em cada curso, 5% das vagas para candidatos com deficiência.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS