As férias de julho já chegaram! Com elas, entram em cena também, com ainda mais gás, as brincadeiras infantis. Mas o momento de diversão pode também trazer riscos. É o caso das pipas, brinquedos muito comuns, acessíveis e divertidos para a criançada, mas que podem causar acidentes em contato com os fios de energia.

De acordo com a Companhia Energética do Maranhão (Cemar), só este ano já foram registradas 986 ocorrências na rede elétrica provocadas por pipas engatadas nas fiações elétricas. Além de deixar usuários sem energia, as situações podem causar ainda choque elétrico.

Leia também: Cemar esclarece possível fim de pagamento de contas em casas lotéricas

São Luís lidera a lista de ocorrências: foram 344 casos registrados de janeiro até junho deste ano. Em seguida, aparecem as cidades de Imperatriz (162), Timon (68), Paço do Lumiar (54) e São José de Ribamar (44).

Como evitar os riscos com a pipa

Para que não ocorra nenhuma situação de perigo, a dica é empinar as pipas longe da rede de energia elétrica, de preferência em locais abertos. Não se deve utilizar fios metálicos ou cerol, e, caso a pipa fique presa na fiação, é indicado que não se tente resgatá-la, para evitar acidentes com choque elétrico.