PÁSCOA

O consumismo desvirtua o sentido da Semana Santa?

Tradicionalmente um feriado que remonta ao sacrifício de Jesus na cruz e sua redenção e vitória sobre a morte, a Páscoa, hoje, toma rumos bastante mercadológicos. Conversamos com alguns fiéis sobre o assunto

Pensar na ceia da sexta-feira santa… Aquela torta de bacalhau ou de camarão. No domingo de Páscoa, também tem ceia, mas tem troca de agrados. Chocolates em barra, em caixa de bombons, em ovos… São muitas opções. Mas, para alguns, todos esses símbolos tão popularmente reconhecidos em propagandas e em vitrines durante o período pascal parecem estar tomando o lugar de outras coisas mais importantes.

Tradicionalmente um feriado que remonta ao sacrifício de Jesus na cruz e sua redenção e vitória sobre a morte, a Páscoa, hoje, toma rumos bastante mercadológicos. Promoções, descontos e produtos característicos dessa data são assuntos sempre comentados quando da proximidade dessa data. O Imparcial conversou com algumas pessoas para saber o que elas pensam sobre as controvérsias dessa data. As imagens são do fotógrafo Honório Moreira. Confira:

A morte e ressurreição de Cristo deve ser o que nos move durante esse período, e nós precisamos nos voltar para a reflexão, comunhão e oração para que consigamos entender a grandeza desse sacrifício por nós.

Célida Araújo, aposentada

Próxima »1 / 6
VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS