Para alunos de escolas públicas

Orquestra da Paraíba faz concerto para alunos de escolas públicas na UFMA

Na ocasião, os alunos aprenderam um pouco mais sobre a história dos instrumentos que compõem uma orquestra e se aproximaram do universo da música erudita e suas tessituras

Na manhã da segunda-feira (10), a Orquestra Sinfônica da Universidade Federal da Paraíba (Osufpb) encantou, com muita música em um concerto didático, cerca de 350 crianças e adolescentes da rede pública de ensino de São Luís. Na ocasião, os alunos aprenderam um pouco mais sobre a história dos instrumentos que compõem uma orquestra e se aproximaram do universo da música erudita e suas tessituras.

Débora Sena, aluna da Unidade de Ensino Básico José Gonçalves do Amaral Raposo, assistiu atentamente à apresentação da orquestra e irá guardar, com carinho, a experiência vivida naquela manhã. “Achei bem legal a apresentação dos instrumentos e da orquestra, dá até vontade de aprender a tocar algum instrumento”, ressaltou a aluna, que nunca havia visto a apresentação de uma orquestra.

A Sinfônica da Paraíba já se apresentou em diversas capitais nordestinas, democratizando a música clássica para o maior número de pessoas. Sob a regência do maestro titular Thiago Santos, a orquestra é composta por 24 músicos. O coordenador geral da turnê, o professor Ulisses Silva, destacou o objetivo do projeto.

“A turnê serve para que a gente dissemine as músicas de concerto nas universidades federais, mostrando que a música erudita não se restringe somente para um público específico, elitizado, mas que é acessível para todos”, disse o diretor.

Ulisses Silva mencionou, também, a importância do contato das crianças e adolescentes com esse universo, por vezes, desconhecido. “Durante a apresentação, escolhemos algumas crianças para assistir à apresentação no palco, junto a orquestra, pois queremos formar público, estimular o gosto pela música clássica e motivar os jovens a se tornarem, futuramente, músicos das orquestras brasileiras”, frisou.

Estiveram presentes alunos do Centro de Ensino Antônio Ribeiro da Silva, do Bairro do Sá Viana, do Centro de Ensino Dorilene Silva Castro, do Bairro do Coroadinho, e das Unidades de Ensino Básico São José de Itapera, Uruati, Rosilda Cordeiro, São Sebastião e Professor José Gonçalves do Amaral Raposo, todas localizadas na zona rural de São Luís.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias