Levantamento do primeiro trimestre

Índice de assaltos a ônibus sobe 32% em 2017, segundo Sindicato dos Rodoviários

Levantamento realizado pelo Sindicato dos Rodoviários afirma que na soma dos números dos últimos 90 dias, São Luís tem uma média de três assaltos a ônibus por dia

(Foto: Reprodução)

Os índices de assaltos a ônibus em São Luís subiram, de acordo dados levantados por O Imparcial junto com o presidente do Sindicato Rodoviários, Isaias Castelo Branco, nesta segunda-feira (10). Segundo o levantamento, somente no primeiro trimestre de 2017 foram registrados 225 assaltos a ônibus na capital maranhense, um aumento de 32% em comparação com o mesmo período do ano passado.

De acordo com o Sindicato, nos primeiros três meses de 2016 foram registrados 153 assaltos. Analisando os meses separadamente, os números apontam que só no mês de janeiro foram registrados 77 assaltos. Em fevereiro foram registrados 64 e no mês de março o número subiu para 84 assaltos em coletivos da capital. Com a soma desses números em noventa dias, a estatística aponta que, por dia, São Luís tem uma média de três assaltos a ônibus.

Além das grandes ondas de assaltos, outro fato que preocupa o Sindicato dos Rodoviários é o de criminosos agredirem fisicamente os funcionários das linhas de ônibus. “Coronhada, soco, agressões verbais são cometidas pelos assaltantes diariamente aos trabalhadores dos coletivos. Além do roubo boa parte deles cometem os atos citados”, contou o presidente do Sindicato.

Em contato com a Secretária de Segurança Pública do Maranhão acerca da veracidade destes números, a reportagem de O Imparcial obteve como resposta uma nota oficial detalhando todas as ações realizadas visando diminuir o número de ocorrências.

Confira a nota na íntegra

A Polícia Militar do Maranhão (PMMA) informa que realiza permanentemente abordagens a coletivos e transeuntes, com a ‘Operação Busca Implacável’. O objetivo é prevenir assaltos em ônibus e tem caráter contínuo na região metropolitana com envolvimento de diversos batalhões.

A operação tem por estratégia o elemento surpresa e a cobertura de corredores, pontos de ônibus e bairros. A Polícia Militar conta, também, com grupos especializados no combate a assaltos a coletivos, como por exemplo, o Batalhão Tiradentes, que é um dos que realiza trabalho direcionado visando coibir esta modalidade de crime.

A Polícia Militar também desenvolve a operação ‘Malha Metropolita’ que efetua barreiras em toda a região metropolitana da cidade, em horários pré-definidos. O policiamento ainda é reforçado com viaturas (carros e motocicletas).

A Polícia Militar reforça também a divulgação do ‘WhatsApp Denúncia’ pelo telefone (98) 98876-0176, exclusivo para a comunicação de suspeitos.

 

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias