NEGOCIAÇÕES

Servidores do TJ suspendem greve, mas mantém estado de alerta geral

A categoria permanecerá em Estado de Greve, ou seja, estado de alerta, mobilização e negociação permanentes

DIVULGAÇÃO

A Greve dos servidores do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA) foi suspensa, em assembleia geral do SINDJUS/MA, realizada nesta sexta-feira, 18, no período da tarde, no auditório da Associação Comercial do Maranhão.

A categoria decidiu dar um voto de confiança na administração do novo Presidente do TJMA, Cleones Cunha, a quem o sindicato pedirá audiência de conciliação para resolver o pagamento das perdas inflacionárias da categoria, a atualização dos serviços atrasados em razão da greve e a devolução dos descontos dos dias parados.
A assembleia geral elegeu uma comissão paritária composta de quatro diretores e quatro militantes de base do Sindjus para acompanhar as negociações com o TJMA, visando reunificar e pacificar o judiciário.
Também ficou acertado dos servidores se dirigirem até o TJMA na próxima segunda-feira, para definir a dinâmica de negociação com a administração, de modo a encontrar uma solução o mais breve possível para o impasse que levou a categoria à greve.
Até a solução definitiva da pauta de reivindicações dos servidores (pagamento das perdas inflacionárias e garantia de que nenhum servidor que participou da greve sofrerá qualquer tipo de punição administrativa), a categoria permanecerá em Estado de Greve (ou seja, estado de alerta, mobilização e negociação permanentes).
VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias