CORONAVÍRUS

No Maranhão

568
353095
309592
10120
HISTÓRIA

Conheça curiosidades sobre alguns dos monumentos de São Luís

Registro resgatado da História de São Luís revela que existia um pelourinho onde foi levantada a Pirâmide em homenagem a Manoel Beckman

Cenário de diversas lendas e conhecida mundialmente pelo conjunto arquitetônico colonial português, São Luís possui parte de seus imóveis históricos declarados como patrimônio mundial desde 1997. Mas além da arquitetura, o que chama atenção em São Luís são os monumentos históricos. Separamos algumas curiosidades sobre esses monumentos e lugares espalhados pela capital.
Pelourinho / Pirâmide de Beckman
Pelourinho no lugar onde hoje é a Pirâmide de Beckman
Recentemente, o vice-presidente do Instituto Histórico de Geográfico do Maranhão, o historiador Euges Lima, descobriu a existência de um pelourinho no local onde foi construída, em 1910, a pirâmide em homenagem a Manoel Beckman, líder da da revolta Beckman. A pirâmide teria sido erguida na base do pelourinho mais conhecido da capital. Sendo assim, o monumento mais antigo de São Luís. “A Pirâmide de Beckman, foi construída, aproveitando como base o pedestal do antigo Pelourinho de São Luís de 1815, informação que se perdeu da memória e dos livros de história sobre a cidade.”
Onde encontrar: Praça 15 de Novembro ( Praça Manoel Beckman), Avenida Beira Mar
 
  
Fonte das Pedras
Foto: Karlos Geromy/OIMP/D.A.Press .


Karlos Geromy/OIMP/D.A.Press

Fonte das Pedras, local que Jerônimo de Albuquerque Maranhão acampou com as suas tropas para combater os franceses

A Fonte das Pedras teria sido construída pelos holandeses durante a ocupação do território maranhense (1641-1644) e urbanizado no governo de Bernardo Silveira Pinto (1819-1822). Segundo alguns historiadores, foi nesse local que Jerônimo de Albuquerque Maranhão acampou com as suas tropas para combater os franceses que estavam aquartelados no forte de São Luís.
Onde encontrar: Próximo à Rua da Inveja, próximo ao Mercado Central de São Luís
 
 
Pedra da Memória
Foto: Gilson Teixeira / O imparcial .


Gilson Teixeira / O imparcial

Pedra da Memória, monumento foi lançado em 1841 em comemoração a coroação de D. Pedro II

O monumento foi lançado em 1841 em comemoração a coroação de D. Pedro II, mas só foi concluído em 1844. Originalmente conhecido como Pirâmide da Memória, localizava-se no Campo de Ourique, onde hoje é a Escola Liceu Maranhense. No ano de 1940 devido as reformas urbanas no local, um movimento liderado por Joaquim Vieira da Luz, membro da Academia Maranhense de Letras, para salvar o monumento, a pedra foi transferida para o atual local, um dos semicírculos da Avenida Beira Mar.

Onde Encontrar: Avenida Beira Mar, próximo aos muros do Palácio dos Leões.
Cais da Sagração
Foto: Reprodução.


Reprodução

Cais da Sagração, principal porto da Cidade de São Luís. No projeto original, o porto se estenderia até o Convento das Mercês

Construído no início da década de 1860, já foi o principal porto da Cidade de São Luís. O projeto original do porto iria até o Convento das Mercês, mas por falta de recursos se estendeu só até próximo à praça Maria Aragão.

O objetivo da construção do cais era evitar o desmoronamento do baluarte e a escavação, acabar com o pântano que existia nas proximidades, além de melhorar a comunicação entre a Praia Grande e as ruas que acabavam no mar. O cais ficou imortalizado pelo escritor maranhense Josué Montello no romance Cais da Sagração.
Nos dias atuais, os frequentadores esperam a maré cheia, para pescar no local.
Onde encontrar: Avenida Beira Mar
Jerônimo de Albuquerque 
Anjo e Jerônimo de Albuquerque

Um monumento que simboliza uma parte importante da história de São Luís, é a estátua de Jerônimo de Albuquerque, que representa a Batalha de Guaxenduba, quando um exército liderado por Jerônimo de Albuquerque venceu e expulsou os franceses de São Luís em 19 de novembro de 1614.

De acordo com a história, durante a luta entre os soldados luso-brasileiros e os invasores franceses, uma Senhora diáfana apareceu misteriosamente incentivando os combatentes à luta contra os inimigos. Ela apanhava areia da praia, transformava em pólvora, e a oferecia aos soldados que já estavam sem munição, e assim eles carregavam suas armas.
As estátuas levantadas na rotatória do bairro Vinhais em São Luís representam Jerônimo de Albuquerque e Nossa Senhora da Vitória que teria ajudado os luso-brasileiros na batalha contra os franceses.
Onde encontrar: Avenida Jerônimo de Albuquerque, no bairro Vinhais
Galeria de Fotos
VER COMENTÁRIOS
Esportes
Entretenimento e Cultura
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias