HISTÓRIA

Conheça curiosidades sobre alguns dos monumentos de São Luís

Registro resgatado da História de São Luís revela que existia um pelourinho onde foi levantada a Pirâmide em homenagem a Manoel Beckman

Cenário de diversas lendas e conhecida mundialmente pelo conjunto arquitetônico colonial português, São Luís possui parte de seus imóveis históricos declarados como patrimônio mundial desde 1997. Mas além da arquitetura, o que chama atenção em São Luís são os monumentos históricos. Separamos algumas curiosidades sobre esses monumentos e lugares espalhados pela capital.
Pelourinho / Pirâmide de Beckman
Pelourinho no lugar onde hoje é a Pirâmide de Beckman
Recentemente, o vice-presidente do Instituto Histórico de Geográfico do Maranhão, o historiador Euges Lima, descobriu a existência de um pelourinho no local onde foi construída, em 1910, a pirâmide em homenagem a Manoel Beckman, líder da da revolta Beckman. A pirâmide teria sido erguida na base do pelourinho mais conhecido da capital. Sendo assim, o monumento mais antigo de São Luís. “A Pirâmide de Beckman, foi construída, aproveitando como base o pedestal do antigo Pelourinho de São Luís de 1815, informação que se perdeu da memória e dos livros de história sobre a cidade.”
Onde encontrar: Praça 15 de Novembro ( Praça Manoel Beckman), Avenida Beira Mar
 
  
Fonte das Pedras
Foto: Karlos Geromy/OIMP/D.A.Press .


Karlos Geromy/OIMP/D.A.Press

Fonte das Pedras, local que Jerônimo de Albuquerque Maranhão acampou com as suas tropas para combater os franceses

A Fonte das Pedras teria sido construída pelos holandeses durante a ocupação do território maranhense (1641-1644) e urbanizado no governo de Bernardo Silveira Pinto (1819-1822). Segundo alguns historiadores, foi nesse local que Jerônimo de Albuquerque Maranhão acampou com as suas tropas para combater os franceses que estavam aquartelados no forte de São Luís.
Onde encontrar: Próximo à Rua da Inveja, próximo ao Mercado Central de São Luís
 
 
Pedra da Memória
Foto: Gilson Teixeira / O imparcial .


Gilson Teixeira / O imparcial

Pedra da Memória, monumento foi lançado em 1841 em comemoração a coroação de D. Pedro II

O monumento foi lançado em 1841 em comemoração a coroação de D. Pedro II, mas só foi concluído em 1844. Originalmente conhecido como Pirâmide da Memória, localizava-se no Campo de Ourique, onde hoje é a Escola Liceu Maranhense. No ano de 1940 devido as reformas urbanas no local, um movimento liderado por Joaquim Vieira da Luz, membro da Academia Maranhense de Letras, para salvar o monumento, a pedra foi transferida para o atual local, um dos semicírculos da Avenida Beira Mar.

Onde Encontrar: Avenida Beira Mar, próximo aos muros do Palácio dos Leões.
Cais da Sagração
Foto: Reprodução.


Reprodução

Cais da Sagração, principal porto da Cidade de São Luís. No projeto original, o porto se estenderia até o Convento das Mercês

Construído no início da década de 1860, já foi o principal porto da Cidade de São Luís. O projeto original do porto iria até o Convento das Mercês, mas por falta de recursos se estendeu só até próximo à praça Maria Aragão.

O objetivo da construção do cais era evitar o desmoronamento do baluarte e a escavação, acabar com o pântano que existia nas proximidades, além de melhorar a comunicação entre a Praia Grande e as ruas que acabavam no mar. O cais ficou imortalizado pelo escritor maranhense Josué Montello no romance Cais da Sagração.
Nos dias atuais, os frequentadores esperam a maré cheia, para pescar no local.
Onde encontrar: Avenida Beira Mar
Jerônimo de Albuquerque 
Anjo e Jerônimo de Albuquerque

Um monumento que simboliza uma parte importante da história de São Luís, é a estátua de Jerônimo de Albuquerque, que representa a Batalha de Guaxenduba, quando um exército liderado por Jerônimo de Albuquerque venceu e expulsou os franceses de São Luís em 19 de novembro de 1614.

De acordo com a história, durante a luta entre os soldados luso-brasileiros e os invasores franceses, uma Senhora diáfana apareceu misteriosamente incentivando os combatentes à luta contra os inimigos. Ela apanhava areia da praia, transformava em pólvora, e a oferecia aos soldados que já estavam sem munição, e assim eles carregavam suas armas.
As estátuas levantadas na rotatória do bairro Vinhais em São Luís representam Jerônimo de Albuquerque e Nossa Senhora da Vitória que teria ajudado os luso-brasileiros na batalha contra os franceses.
Onde encontrar: Avenida Jerônimo de Albuquerque, no bairro Vinhais
Galeria de Fotos

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS