CORONAVÍRUS

No Maranhão

5011
115988
103994
2959
INTERBAIRROS

Iniciadas obras de infraestrutura que viabilizarão rotas alternativas em São Luís

As obras foram iniciadas no São Cristóvão que vão criar rotas alternativas para reduzir o fluxo de veículos na Avenida Guajajaras

Obras Interbairros no São Cristovão

A Prefeitura de São Luís e o Governo do Estado trabalham de forma conjunta para assegurar à capital maranhense maior mobilidade urbana, acessibilidade e melhor qualidade de vida ao cidadão. Nesta semana, foram iniciadas as obras do Programa Interbairros na Rua do Arame (1.280 metros) e a conexão das Avenidas Dois e Três com Haroldo Paiva (480 metros), no Jardim São Cristóvão/São Cristóvão que vão criar rotas alternativas de acesso às avenidas José Sarney e Lourenço Vieira da Silva e reduzir o fluxo de veículos na Avenida Guajajaras.

Estas são vias de acesso e saída a bairros com grande concentração de população, como a Cidade Operária, São Raimundo, além do Aeroporto Marechal Cunha Machado e BR 135. Concebido pela Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), o projeto está sob responsabilidade da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra).
“As obras de mobilidade em nossa cidade estão sendo priorizadas e as Interbairros, executadas em parceria com o governo do Estado, vão intervir favoravelmente para o bom fluxo de veículos nos principais gargalos diários de trânsito. São vias alternativas que asseguram mais comodidade aos cidadãos e adequam nossa cidade ao crescimento urbano vivenciado nos últimos anos”, disse o prefeito Edivaldo.
Obras Interbairros no São Cristovão

No Jardim São Cristóvão, onde os trabalhos para implantação do Programa Interbairros já foram iniciadas, moradores aprovaram a obra e manifestaram esperança em dias melhores para toda a comunidade.

A moradora da Avenida Três, Luiza Helena Andrade Gomes, narrou que todos os moradores estão muitos felizes. “Tenho conversado com vários amigos meus e vizinhos. Todos estão satisfeitos com esse benefício. Aqui era só poeira e, quando chovia, alagava tudo. Era uma situação muito difícil”, revelou.
Outro morador, também do Jardim São Cristóvão, Marconi Gomes Fernandes, disse que as ruas eram esburacadas. “Os carros quebravam constantemente, uma dificuldade para entrar e sair de nossas casas, mas agora confiamos que tudo vai melhorar, além de valorizar muito o nosso bairro”, pondera.
São várias obras, ações e frentes de trabalho e serviços das administrações municipal e estadual, que vão dando nova conformidade à paisagem urbana de São Luís com vias pavimentadas, sinalizadas e de fluxo mais rápido, a exemplo das interligações viárias do Programa Interbairros, que vão propiciar ao cidadão selecionar o seu melhor itinerário, seja para se deslocar ao local de trabalho ou a momento de lazer com família, com maior rapidez e mais segurança.
O titular da Sinfra, Clayton Noleto, frisou queos serviços representam um grande esforço de engenharia e que trarão resultados reais para o trânsito da capital maranhense em pouco tempo. “Vamos trabalhar dia e noite, ininterruptamente, para entregar esse conjunto de obras o mais rápido possível à população”, frisou Noleto.
Ao todo, vão ser implantadas 14 Interbairros – interconexões (novas vias) no sistema viário dos mais diversos bairros de São Luís-, totalizando um investimento de R$ 32 milhões e 21,4 quilômetros de ruas e avenidas com asfalto de qualidade, sinalização horizontal e vertical e drenagem superficial com sarjetas, meios e calçadas. Em alguns pontos – onde há necessidade – vão ser implantadas pontes, além de rede de drenagem profunda para evitar os constantes alagamentos que ocorriam no local.
O secretário municipal de Obras e Serviços Públicos, Antônio Araújo, definiu essa parceria inédita da Prefeitura de São Luís com o governo do Estado como primordial para a implantação do volume de obras hoje em execução na capital, bem como para garantir a celeridade em prol do desenvolvimento da cidade e em benefício dos ludovicenses.
“A união entre Prefeitura e governo do Estado está garantindo obras essenciais para melhorar a infraestrutura de nossa cidade e elevar a qualidade de vida e a autoestima de todos”, destacou Araújo, ao enfatizar que essas novas rotas alternativas que estão sendo criadas no sistema viário da capital vão desafogar os grandes corredores de transporte urbano com diversas opções de tráfego para motoristas e pedestres.
Programa
O Programa Interbairros vai criar conexões no sistema viário ainda na Estrada da Maioba com a Avenida dos Holandeses, passando pela Avenida 02 do Itapiracó, Ponte do Pai Inácio (Turu) e Alameda Jaú, na Divinéia, numa extensão de 8.565 quilômetros; Avenida Portugueses e BR 135, com a ligação entre Avenida Sabiá /Vila Embratel à Evandro Bessa/Vila Maranhão); Rua São Bento à Vila Conceição, passando pelas avenidas dos Holandeses, Luís Eduardo Magalhães e Rua Santo Antônio, na região do Barramar; Rua Santa Rosa com a Rua 10, interligando Parque Sabiá à Forquilha e Maioba; Vinhais Velho e o Recanto dos Vinhais com à Avenida Daniel de La Touche; Avenida São Marçal à Avenida dos Africanos, com a requalificação da Rua Reis Perdigão e Arroz/ Projetada.
Estão previstas ainda interligações viárias entre Angelim e ao Turu, por meio da Avenida A e Rua Boa Esperança; ruas Aririzal e Boa Esperança, com a asfaltamento das ruas Alto da Primavera, Primavera, Primeira Travessa Boa Esperança e o trecho da Coronel Euripedes Bezerra – sendo as duas ultimas nas imediações do canal do Rio Gangan; Cidade Operária ao Jardim São Cristovão, com a requalificação das ruas 21 e 38; e a ligação de uma das alças da Via expressa com a Rua A, no Maranhão Novo. No Bequimão, o Programa Interbairros vai interligar o bairro ao Angelim, utilizando as ruas Santa Maria e Dom Mota; e ao Pão de Açúcar, com a ligação das ruas Duque de Caxias e Derci Batista.
VER COMENTÁRIOS
.
Concursos e Emprego
Notícia Boa
Checamos
Polícia
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias