EXPANSÃO

2 ª fase do TEGRAM no Porto do Itaqui é inaugurada. A previsão é um salto de produtividade

A expectativa é uma maior viabilização nas movimentações de grãos, redimensionados para mais de 12 milhões de toneladas ao ano

Terminal de Grãos do Ma. Foto: Reprodução.

O Terminal de Grãos do Maranhão (TEGRAM), localizado no Porto do Itaqui que faz parte do maior complexo portuário do Brasil, teve sua segunda fase de inovação inaugurada nesta quarta-feira (2). A expectativa é uma maior viabilização nas movimentações de grãos, redimensionados para mais de 12 milhões de toneladas ao ano.

Inaugurada pelo governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), juntamente com o presidente do Porto do Itaqui, Ted Lago e o diretor do Consórcio Tegram, Marcos Bertoni, a realização foi feita através de uma coletiva de imprensa, e o governador do MA, afirma ver o projeto como bem sucedido.

Ainda segundo Flávio Dino, o Terminal é um “sonho antigo” dos produtores maranhenses e de estados vizinhos, podendo gerar mais empregos e dar mais oportunidades para outras empresas e os trabalhadores locais.

Com sua primeira fase inaugurada em 2015, o Tegram expandiu novas dimensões nas movimentações de carga, agora com o a construção do novo berço e novas estruturas, a segunda fase representa um marco, passando mais segurança para os investidores, afirma o presidente do porto, Ted Lago.

Primeira atracação

A inauguração de atracação do novo berço 100 para operação será feita pelo navio Grace One, de acordo com informações do porto, o início da manobra deve ser feita às 15h30 desta quarta-feira (2).

O que envolve a obra?

Foto: Reprodução

A etapa recém inaugurada do Terminal envolve a duplicação da linha de embarque para a operação de mais um berço de atracação, que funcionará de forma simultânea ao berço atual já utilizado. Esta parte será responsável por alcançar um taxa de embarque de cinco mil toneladas de grãos por hora.

Além do berço, será feita a ativação de uma segunda moega ferroviária, permitindo a descarga de oito vagões simultaneamente, a uma taxa de quatro mil toneladas de grãos por hora.

VER COMENTÁRIOS
Polícia
Concursos e Emprego
Esportes
Entretenimento e Cultura
Saúde
Mais Notícias