CORONAVÍRUS

No Maranhão

568
353095
309592
10120
BALANÇO DA POLÍCIA FEDERAL

Maranhão é o segundo Estado com maior número de operações contra desvio de verbas destinadas ao enfrentamento da pandemia

No total, já foram realizadas 10 operações em todo Estado.

As operações de combate ao desvio de verbas destinadas ao enfrentamento da pandemia já ocorreram em em 205 municípios de 26 unidades da federação. (Foto: Divulgação/ Polícia Federal).

A Polícia Federal (PF), divulgou balanço das 102 operações realizadas com o intuito de repreender o desvio e utilização indevida de verbas públicas federais destinadas ao combate à pandemia de covid-19. O Maranhão aparece em segundo lugar no ranking dos Estados que mais tiveram operações, sendo 10 no total. 

De acordo com a PF, até o último dia 13, os valores apreendidos chegaram a quase R$ 190 milhões. Em nota, foi informado que desde abril do ano passado, já foram cumpridos 158 mandados de prisão temporária, 17 de prisão preventiva e 1.536 de busca e apreensão em 205 municípios de 26 unidades da federação. O montante de contratos de produtos e serviços investigados atingiu cerca de R$ 3,2 bilhões.

Superfaturamento

Deflagrada em abril de 2020 na Paraíba, a Operação Alquimia foi a primeira ação para apurar suspeita de ´ em contrato. De lá para cá, o Amapá é o estado com o maior número de operações, 11 no total, seguido por Maranhão (10), Pernambuco (8), Sergipe (8), Rio de Janeiro (7), São Paulo (6), Piauí (6), Pará (6), Amazonas (4) e Rondônia (4).

Sobre o montante de contratos investigados, o Pará lidera com R$ 1,4 bilhão. Em seguida, aparecem o Rio de Janeiro (R$ 850 milhões), Pernambuco (R$ 198 milhões), São Paulo (R$ 118 milhões), Minas Gerais (R$ 102 milhões), Rondônia (R$ 92 milhões) e Piauí (R$ 82 milhões).

VER COMENTÁRIOS
Esportes
Entretenimento e Cultura
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias