CORONAVÍRUS

No Maranhão

1822
73314
51911
1836
REABERTURA

Academias reabrem nesta segunda; veja as regras sanitárias que devem ser seguidas

Depois de 3 meses fechados, a última semana foi de arrumação e protocolos a serem seguidos para alguns espaços que reabrem a partir de hoje (22)

Academias de ginástica, estúdios de pilates, centros de treinamento, box de crossfit e congêneres, já podem reabrir, mas calma… De acordo com as regras sanitárias estabelecidas por portaria do Governo do Estado, os estabelecimentos terão que seguir à risca uma norma rígida para a reabertura segura para clientes e funcionários. Tanto é, que nem todas vão reabrir agora e optaram por reabrir somente em julho, quando poderão adotar os protocolos de segurança. As que vão reabrir garantem que tudo foi providenciado para atendimento de forma segura.

Dentre os vários itens exigidos pela portaria está o uso obrigatório de máscaras. Para o proprietário da MK3 Academias, Markus Trinta, o rígido protocolo fez com que algumas academias ainda não pudessem reabrir agora. Outro ponto foi a questão financeira, que como muitos alunos só pagam a mensalidade no início do mês, retomar agora seria inviável para alguns clientes.

“Algumas decidiram não abrir porque já estamos no final do mês e há uma indisposição com relação ao pagamento, porque a maioria das famílias já comprometem seus orçamentos no começo do mês. Outra razão é que muitos estão achando o protocolo bem rígido, e abrir com 30% da capacidade fica inviável ainda. Existem algumas medidas que estão dificultando a reabertura, por exemplo, tem que comprar um termômetro digital a distância que não existe no mercado local, e que precisa ser comprado fora com preços 10 vezes maiores que o normal. Então tem muito dono de academia que não está tendo condição de fazer esse investimento ainda, é o que travando essa logística também”, disse.

A academia dele vai reabrir porque ele considera isso como um período de adaptação e que quanto mais cedo houver esse trabalho, mas cedo, o “novo normal” acontecerá.

“Quanto mais rápido eu tiver uma resposta de como vai ser a situação financeira da empresa, mas rápido eu posso me readaptar para diminuir custos, horários, enfim, fazer adaptações da parte operacional para gerar uma diminuição de custo e também existe a adaptação dos meus colaboradores e dos clientes, para mostrar que o ambiente é seguro. Porque botaram na cabeça das pessoas que academia é lugar de super contaminação e na verdade, no nosso entendimento a academia é um local de promoção de saúde. Se cumprindo todas as normas sanitárias,  é tão seguro quanto qualquer outra, com uma atenuante, aqui a gente ai estar trabalhando contra o coronavírus porque estamos trabalhando aumentando a capacidade cardiorrespiratória. A gente está lutando contra a doença. Não estamos numa fila de banco, ou de supermercado que são serviços essenciais, mas que não estão lutando contra a doença diretamente, como as academias. Quanto mais tem prática de atividade física regular, menos a chance de fazer a versão mais grave da doença” disse Markus.

Protocolos de segurança cumpridos pelas academias

As academias precisam cumprir com os protocolos de segurança, ter  os equipamentos de EPI’s (equipamentos de proteção individual), e seguir as normas e condutas de segurança e higiene estabelecidas pela Organização Mundial da Saúde, pela Secretaria Municipal de Saúde e especificadas na cartilha de procedimentos oficial do Conselho Regional de Educação Física, como:

  • entrada e número de alunos controlado para evitar aglomerações respeitando sempre a distância de 2m por pessoa;
  • alunos, profissionais e funcionários que apresentarem sintomas, ainda que leves, deverão voltar pra casa e procurar uma unidade de saúde;
  • proibida a entrada de pessoas de grupos de risco ou com doenças crônicas;
  • disponibilização de  álcool em gel 70% em todos os espaços do estabelecimento;
  • frequentadores que possuírem cabelos longos, deverão mantê-los presos;
  • o uso de garrafinhas e toalhas deve ser individual;
  • obrigatório o uso de máscaras;
  • evitar o uso de luvas;
  • a portaria proíbe o uso dos guarda volumes, a troca de roupa nos vestiários e o banho na academia;
  • grupos de risco e pessoas com sintomas de gripe não devem frequentar a academia, dentre outras especificações.
Academia Curves está cumprindo todos os protocolos de segurança exigidos (Foto: Divulgação)

Para a proprietária da Curves, Emanuelle Ramos, se o estabelecimento cumprir todas as normas estabelecidas pela portaria, não há por que o ambiente ser considerado inseguro. “É preciso que a gente tenha responsabilidade com a gente e com o outro e garantir que a academia continue a ser sempre espaço de saúde. Vamos seguir todos os protocolos e aguardar todas as aulas com segurança e muita atividade física”, disse a profissional de educação física.

O Domingos Ramos, da DMC Fitness, disse que está fazendo além do que está sendo exigido. “Distanciamento dos equipamentos, dos alunos, higienização, uso de EPIs, termômetro digital, tapeti sanitinzati, borrifadores distribuídos com álcool gel em todos os ambientes da academia, demarcação das áreas livres para treino, aulas agendadas, dentre outras exigências… Estamos trabalhando forte, tudo para que todos estejamos em segurança e praticando nossas atividades físicas”, disse.

A DMC Fitness fez marcações e distanciamento de equipamentos na academia. (Foto: Divulgação)
VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Notícia Boa
Checamos
Polícia
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias