TUMULTO

Jovem leva 150 catuabas e 80 vinhos de festa em São Luís

Um arraial open bar realizado no Olho d’Água terminou em tumulto, após bombeiros determinarem evacuação do local. Jovens inconformados causaram tumulto e levaram bebidas e equipamentos eletrônicos

Uma festa open bar de São Luís terminou em tumulto e prejuízo na madrugada deste domingo, 1º. O “Arraial do Beijo”, organizado pela produtora Vem Pro Rolê, ocorria normalmente em uma casa de eventos no Olho d’Água, quando um incidente fez com que o local precisasse ser evacuado, por determinação do Corpo de Bombeiros.

De acordo com a produção do evento, funcionários acabaram sendo agredidos, e itens de valor foram levados e danificados. Um vídeo que passou a circular no Twitter neste domingo mostra um jovem, identificado apenas como Israel, indicando “a única coisa que lucrou” com a festa: 80 garrafas de vinho e 150 de catuaba. O vídeo já chega a mais de duas mil visualizações na rede.

Internautas e pessoas que frequentaram a festa ficaram surpresos, e desejaram solidariedade, respeito e “força aos ícones” para a produção da festa. “Tinha gente com balde de colocar roupa com um monte de lata de cerveja”, disse um usuário. “O valor referente às bebidas é muito maior que o preço do ingresso. Brasileiro fazendo justiça é uma coisa triste”, lamentou outro.

Assista o vídeo

Segundo o produtor Pedro Cordeiro, um dos sócios da Vem Pro Rolê, a festa, que começou por volta das 20h, seguiria até às 2h, como previamente estipulado. “Quando foi 1h da manhã teve um problema na caixa de energia, que pegou fogo. A gente desligou a caixa e apagou o fogo. Os bombeiros chegaram e falaram que como já era quase 2h, o mais indicado era evacuar o espaço pra não ter mais problemas lá dentro“, relatou.

Parte do público, no entanto, não quis evacuar. “Muita gente começou a vandalizar, quebrar tudo, começaram a ameaçar os funcionários, bater nos funcionários, roubaram equipamentos, levaram computador, máquina de contabilidade. E principalmente bebidas. O pessoal pegou o saco que tinha lá atrás guardado e começou a levar bebida. Saquear mesmo, quebraram o portão”, disse o produtor.

Veja outro vídeo do momento do tumulto

Prejuízos

A produtora do evento ainda não conseguiu calcular o prejuízo causado pelo tumulto. Pedro Cordeiro informou que haverá ressarcimento, além do pagamento dos danos aos colaboradores da festa, como empresas de equipamento sonoro e distribuidores de bebidas. O orçamento da festa estava previsto em R$ 100 mil.

“A culpa não foi nossa. A gente fez o nosso melhor. A festa estava linda, estava tudo bem organizado, estava tudo como prometido […] Nós já fizemos festas maravilhosas, shows grandes com atrações de fora e nunca teve nada relacionado a isso, nossas festas são todas legalizadas. Eu estou extremamente abalado com isso pelo fato de o nosso público ter feito isso com a gente, esse vandalismo todo”, finalizou Pedro.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS