Explosão de transtornos

Acidente com explosão no Calhau trouxe transtornos a moradores

O condutor Marcos Rogério da Silva Lourenço, 31 anos, teria perdido o controle do veículo e acabou tombando, derrubando um poste

Uma explosão envolvendo um caminhão de combustível, na Avenida dos Holandeses, no bairro Calhau, em São Luís, na madrugada desta sexta-feira (23), causou sérios transtornos a populares e estabelecimentos da região.
O condutor Marcos Rogério da Silva Lourenço, 31 anos, teria perdido o controle do veículo e acabou tombando, derrubando um poste, próximo a um posto de gasolina. Lourenço foi resgatado pelos bombeiros militares e encaminhado para o Hospital Djalma Marques, o Socorrão I, no Centro de São Luís. Seu estado de saúde é grave.

Lojistas
Ao todo cinco estabelecimentos tiveram suas fachadas danificadas com a explosão. Portas de vidros quebradas, painéis queimados e um sentimento revolta dos proprietários das lojas, como conta a gerente da loja Restaura Jeans, que com a falta de energia, tiveram que mudar sua rotina de trabalho. “Além do prejuízo material que estamos tendo, tivemos que pagar prejuízo nas demandas dos clientes. A solução agora foi levar as máquinas e trabalhar em algum ponto para não deixarmos os fregueses na mão, pois lucro mesmo não terá nenhum. Não vamos ficar por isso mesmo”, disse a gerente.
Empresário de uma loja de colchões de espuma, Brendo Nascimento, de 22 anos, virou a noite preocupado com seu estabelecimento. “Quando soube do acontecido corri pra cá e me deparei com as portas quebrando com o calor e o fogo se alastrando. Minha preocupação naquele momento não era o material da loja, mas o fogo atingir aquele material inflável e a situação piorar. Agora é somar o prejuízo da estrutura e o quanto antes o responsável da empresa arcar com esse prejuízo, porque não podemos deixar de trabalhar”, relatou Brendo.
Além dos lojistas, cinco veículos que estavam estacionados foram quase totalmente consumidos pelo calor das chamas. “Não foi fácil ver meu carro queimado. Eu estava em um barzinho com uns amigos quando ouvimos a explosão. Quando chegamos aqui não tivemos muito que fazer. Era sentar e esperar controlarem as chamas. Não consigo acreditar em tamanha irresponsabilidade”, disse Marcos Assunção, proprietário de um dos veículos queimados.

Moradores
Quem mora na região do calhau teve que passar alguns momentos sem energia e alguns moradores desceram de seus apartamentos pensando que lá estaria acontecendo o incêndio. “Primeiro faltou energia, depois chegou o cheiro da fumaça. Todos os moradores daqui do condomínio desceram pensando que o prédio havia pegado fogo. Mas depois descobrimos através dos grupos de WhatsApp o que havia acontecido”, disse o estudante Adriano Soares. Ainda na madrugada foi restabelecida a energia do bairro.


Condutores
O acidente ocasionou, durante boa parte da sexta-feira, grande lentidão na Avenida dos Holandeses. A SMTT esteve presente auxiliando os condutores a seguir uma nova rota e a controlar todo o trânsito naquela região. Ivana Mascarenhas, de 34 anos, foi pega desprevenida e acabou perdendo um voo. “Eu estava confiante que se saísse uma hora antes poderia chegar a tempo de viajar, mas quando chego aqui me deparo com isso. Ainda vi alguns amigos falando no grupo do Whats, mas ignorei e segui normal. Agora vou correr atrás de uma nova data pra viagem”, disse Ivana.


Entenda o caso
Um incêndio de grandes proporções assustou a população de São Luís na madrugada desta sexta-feira (23), quando um caminhão-tanque tombou na Avenida dos Holandeses. O motorista do caminhão perdeu o controle e acabou se chocando com um poste, que gerou uma explosão e o iniciou um incêndio. O motorista, identificado como Marcos Rogério da Silva Lorenço, de 31 anos, foi levado ao hospital Socorrão I, no Centro da capital. Marcos Rogério, teve 50% do corpo queimado e até fim dessa edição o estado de saúde do paciente era grave.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS