CORONAVÍRUS

No Maranhão

4762
167948
158492
3664
ELEIÇÕES 2020

Duarte Júnior pede desculpas por aglomeração: foi a “emoção” do momento

A classe política maranhense deu mau exemplo no combate à pandemia ao realizar convenções no último fim de semana.

Reprodução

O candidato a prefeito de São Luís Duarte Júnior admitiu que aglomeração saiu do controle durante a convenção que confirmou sua candidatura, realizada no último sábado. Ele se desculpou em vídeo em suas redes sociais.

Segundo Duarte, a “emoção” fez com que ele e o público acabassem desrespeitando normas como o distanciamento e uso de máscara. O próprio candidato esteve sem máscara durante parte da convenção.

“É preciso admitir: em alguns momentos a emoção fez com que ocorressem situações não desejadas por nós. Como responsável pela convenção peço desculpas pelo ocorrido. Vamos levar em conta o que aconteceu para os próximos passos da campanha”.

Ainda no vídeo, ele diz que o evento foi realizo em local aberto e ventilado e garantiu “todas as medidas sanitárias”, como medição de temperatura, obrigatoriedade no uso de máscaras, distanciamento entre cadeiras. Mas, “ainda assim”, não foi suficiente evitar desrespeitos à norma, principalmente na quantidade de pessoas no evento, muito acima de 100, que é estabelecido por decreto.

Mau exemplo

A classe política maranhense deu mau exemplo no combate à pandemia ao realizar convenções no último fim de semana. Todos os principais candidatos a prefeito de São Luís, com o objetivo de mostrar força na campanha, fizeram eventos com centenas de pessoas aglomeradas, muitas sem máscaras, desrespeitando as normas sanitárias sem nenhuma cerimônia. E com aglomerações muito acima de 100 pessoas. Acabaram deixando de lado a saúde em benefício da política.

Duarte é o primeiro – e até agora o único candidato – a pedir desculpas pelo desrespeito às normas sanitárias.

As imagens circularam no começo da semana e foram motivos de fortes críticas por parte, principalmente, da população. Tema inclusive de uma reportagem nacional na TV Globo que foi ao ar na manhã desta quarta.

O próprio secretário de saúde do estado, Carlos Lula, um defensor veemente do distanciamento sociais e uso de máscara, participou de evento eleitoral no interior do estado, discursou, dançou e se aglomerou sem máscara no palco, desrespeitando o distanciamento.

Em resposta à TV Globo, Lula não se desculpou. Disse que “só tirou a máscara para discursar” e informou que sua participação foi em caráter “pessoal” e não “institucional”.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Checamos
Polícia
Mais Notícias