DIPLOMAÇÃO

Esta diplomação é ainda melhor que a primeira, diz Flávio Dino

Ao todo foram 98 candidatos eleitos no Maranhão nas eleições gerais de 2018. Entre titulares e 1º e 2º suplente de cada partido e/ou coligação

(Foto: Kayo Sousa)

Na tarde desta terça-feira (18), o Tribunal Regional do Maranhão cumpriu a última etapa do processo eleitoral 2018: a diplomação dos eleitos nas eleições deste ano. A diplomação confirma o resultado atestado nas urnas e torna apto que o candidato eleito tome posse no próximo ano.

Ao todo foram 98 candidatos eleitos no Maranhão nas eleições gerais de 2018. Entre titulares e 1º e 2º suplente de cada partido e/ou coligação. “Entregamos esses diplomas com votos de que as esperanças e mudanças demonstradas pela vontade popular seja o norte de todos”, declarou o presidente do TRE-MA, Ricardo Duailibe, na abertura da solenidade que aconteceu no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana.

Veja Também

Vitória mais saborosa

O governador Flávio Dino (PCdoB) estava visivelmente emocionado com a presença do pai Sálvio Dino. O governador reeleito ofereceu o segundo mandato ao pai, em respeito a trajetória de vida do advogado. O governador do PCdoB disse que a sua reeleição tem um significado ainda maior que o primeiro mandato.

“Essa diplomação é ainda mais especial do que a primeira porque tem a marca da aprovação dos primeiros quatro anos de mandato. Temos programas hoje que são reconhecidos por toda a população, como o Escola Digna”, disse Flávio.

O governador também dirigiu a palavra aos eleitos diplomados. Nas palavras de Flávio Dino, o diploma espelha confiança e a esperança do povo. “Esse diploma deve funcionar como escudo, como elemento de proteção. Não para nós. Mas para aqueles que menos tem. Para aqueles que só tem o voto.”, disse o governador.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS