EM BRASÍLIA

Reunião entre os Governadores do Nordeste não previa encontro com Bolsonaro

Blog do Noblat, hospedado na Revista Veja, erra ao divulgar que futuro presidente faltou de uma reunião com os nordestinos por vingança.

Governadores do Nordeste se reúnem em Brasília. (Foto: Reprodução/Twitter)

O blog do Noblat, hospedado na Revista Veja, errou ao divulgar nota na manhã desta quinta-feira (22), afirmando que o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) faltou de uma reunião com os Governadores do Nordeste por vingança. O objetivo dos futuros governadores nordestinos era apenas participar da “Reunião do Fórum de Governadores do Nordeste, na Representação do Ceará”. A informação está disponível na agenda oficial do governador Flávio Dino (PCdoB), e foi confirmada pela assessoria de imprensa do comunista.

Na nota, intitulada “A vingança de Bolsonaro”, Noblat afirma que houve má repercussão na semana passada pela ausência dos governadores nordestinos eleitos em uma reunião com o futuro presidente, e por isso eles foram para o distrito federal essa semana “atender ao chamado de se reunir ontem com ele [Bolsonaro]”.

Ainda segundo Noblat, uma vez em Brasília os nordestinos teriam sido surpreendidos de última hora por uma mudança na agenda do futuro presidente. Assim, diz o blogueiro da Veja, “improvisou-se uma reunião com Eunício Oliveira (MDB), presidente do Senado. Foi ele quem salvou a face dos governadores de Pernambuco, Ceará, Piauí, Bahia, Sergipe, Maranhão, Paraíba e Rio Grande do Norte”.

O Fórum de Governadores do Nordeste confirmou que a pauta do encontro era apenas fechar uma agenda para apresentar ao futuro presidente. Desse encontro formulou-se uma carta, que tem como objetivo amenizar os efeitos da crise econômica nacional na Região. Entre os itens, que serão enviados à equipe de Bolsonaro, está a solicitação de mais recursos e continuidade do programa Mais Médicos.

A assessoria de imprensa de Flávio Dino confirmou ainda que haverá uma reunião no dia 12 de dezembro, entre todos os governadores do Brasil eleitos para o mandato 2019/2022 e um representante do futuro governo federal – por hora, ventila-se o nome de Sérgio Moro, mas até a publicação dessa reportagem informação ainda não tinha sido confirmada.

Confira a carta na íntegra:

CARTA DOS GOVERNADORES DO NORDESTE

Exmo. Presidente Eleito Jair Bolsonaro,

Os Governadores eleitos do Nordeste vêm solicitar uma audiência com V.Exa. para tratar prioritariamente acerca dos seguintes itens:

  1. Retomada urgente de obras federais no Nordeste, visando ao crescimento econômico e à geração de empregos, com especial destaque para obras rodoviárias, de segurança hídrica e habitacional;
  2. Celebração de um Pacto Nacional pela Segurança Pública, em que o Governo Federal assuma a coordenação e a execução de ações concretas no combate à criminalidade interestadual, a exemplo de assaltos a bancos, tráfico de armas e explosivos, atuação de facções criminosas, etc;
  3. A viabilização de fontes financeiras para reequilíbrio do pacto federativo, uma vez que Estados e Municípios sofreram drasticamente com a recessão econômica que deteriorou FPE e FPM. Nesse sentido, importante pautar a Reforma Tributária que corrija distorções, como a tributação de bancos e de rendas do capital;
  4. Desbloqueio das operações de créditos dos Estados, para viabilização de investimentos e pagamentos de precatórios judiciais;
  5. Debate acerca da prorrogação e ampliação da participação financeira da União no FUNDEB (Novo FUNDEB);
  6. Preocupação com o vazio assistencial que pode se produzir nos Municípios, com a diminuição do contingente de profissionais do Programa Mais Médicos, sendo fundamental a imediata recomposição e ampliação do citado Programa.

Ratificamos os nossos cumprimentos pela vitória eleitoral de V. Exa., registrando que estamos totalmente comprometidos com a luta por bons destinos para a nossa Pátria e à disposição para o diálogo e o entendimento nacional.

Camilo Santana – Governador do Ceará

Paulo Câmara – Governador de Pernambuco

Luciano Barbosa – Governador em exercício de Alagoas

Belivaldo Chagas – Governador de Sergipe

Wellington Dias – Governador do Piauí

Flávio Dino – Governador do Maranhão

Rui Costa – Governador da Bahia

João Azevedo – Governador eleito da Paraíba

Fátima Bezerra – Governadora eleita do Rio Grande do Norte

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS