Na noite desta terça-feira, 02 de outubro, os candidatos ao governo do Maranhão participaram do debate da TV Mirante / Globo. Estiveram presentes Odivio Neto (PSOL), Maura Jorge (PSL), Flávio Dino (PCdoB), Roseana Sarney (MDB) e Roberto Rocha (PSDB).

A expectativa era que o debate fosse uma oportunidade a mais para o eleitor decidir o voto, mas ou pelo pouco tempo ou pelo formato do Debate, o resultado ficou aquém do esperado.

Com temas ignorados, perguntas não respondidas ou perguntas desviadas fizeram com que os candidatos fizessem o que bem entendessem sem interferência da organização.

Logo na primeira pergunta, feita por Odivio à Maura Jorge sobre uma acusação da ex-deputada abrigar uma funcionária de sua casa em seu gabinete, Maura atropelou o assunto e endereçou sua resposta para Flávio Dino. Talvez na ânsia de partir pro ataque.

Já o candidato, Roberto Rocha, se pudesse, todas suas perguntas seriam para Flávio Dino. Ele queria o confronto direto. Em uma de suas oportunidades de pergunta, Rocha, tentou perguntar para Dino. Não podia mais, o candidato do PCdoB, já havia respondido. Então Rocha fez a mesma pergunta para Maura Jorge. A pergunta era sobre qual partido tinha votado contra o projeto ZEMA.

Nem mesmo quando as perguntas eram feitas por temas, as respostas viravam oportunidade de fala para quaisquer outro assunto, de acordo com o interesse do interlocutor.

Na despedida, Odivio Neto se perdeu e começou falar da conjuntura nacional e citou, do começo ao fim, o candidato de Maura Jorge. Com isso Maura Jorge teve o dobro do tempo para colar a imagem no candidato do PSL.

Quem melhor soube usar o tempo ao seu favor foi candidato Flávio Dino (PCdoB) e Roberto Rocha (PSDB). Aos demais, faltou mais conhecimento da máquina pública, do

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO