EM ENTREVISTA

Flávio Dino: “o DNA golpista está no sarneísmo desde 1964”

Em entrevista à revista Carta Capital, de São Paulo, o governador Flávio Dino atacou seus principais opositores à reeleição

Flávio Dino é o candidato de Lula no Maranhão (Foto: Ricardo Stuckert)

Em entrevista à revista Carta Capital, de São Paulo, o governador Flávio Dino (PCdoB) associou a família Sarney ao Golpe Militar de 1964. Questionado pelo repórter se ele temia ter o mesmo destino que Jackson Lago, que foi eleito em 2006 e cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral em 2009, desencadeando na posse de Roseana Sarney (MDB), que ficou em segundo lugar naquela eleição, o comunista disparou:

“É certo que eles tentarão [me derrubar], porque o DNA golpista está no sarneísmo desde 1964. Eles têm o longo know-how de golpe. Por outro lado, faço um governo sério, sem nenhum tipo de acusação séria, ficha limpa, nota 10 de transparência. Temos uma posição de defesa muito sólida, diante desse processo arranjado na cidade de Coroatá. A acusação contra mim é que eu mandei asfaltar ruas. Tenho convicção de que eles não conseguirão. Não estamos sendo acusados de corrupção, de ter comprado votos, nada desse tipo. É porque, supostamente, eu montei um programa de asfaltamento que existe desde janeiro de 2015, com objetivo eleitoreiro. Não tem nenhuma bala empírica que fere a lei para sustentar algum tipo de processo dessa natureza”.

Veja Também

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS