ATENTADO

Candidatos ao governo do Maranhão repudiam ato contra Bolsonaro

Os candidatos ao governo do Maranhão também emitiram notas de solidariedade ao candidato do PSL, Jair Messias Bolsonaro. Do governador à correligionária de partido, Maura Jorge.

Reprodução

Tempos sombrios de um país dividido entre os “certos” e “errados”, mas com uma visão clara que esses dois pólos são dinâmicos: depende de quem detém o discurso, hoje com púlpito principal nas redes sociais. Mas uma coisa é certa: Jair Bolsonaro foi vítima, nesta quinta-feira, de uma cultura de ódio que esse momento não precisa dizer quem é o causador do país dividido. Ele levou uma facada. Ponto, isso é um fato.

Diante deste fato, os candidatos ao governo do Maranhão também emitiram notas de solidariedade ao candidato do PSL, Jair Messias Bolsonaro. Do governador à correligionária de partido, Maura Jorge.

Veja Também

A candidata ao governo do Maranhão, Maura Jorge, utilizou seu Instagram para manifestar, através de vídeo, solidariedade ao Bolsonaro. “Nós estamos chocados contra o atentado covarde”, iniciou o vídeo. Maura disse que a atitude é uma tentativa de calar a voz de Jair, que, segundo ela, representa a verdadeira mudança. E disse que o crime fere o estado democrático de direito. Pediu ainda que se forme uma corrente de oração ao candidato do PSL.

O governador Flávio Dino economizou nas palavras. Através do seu Twitter disse que o direito à integridade física é um direito humano consagrado por acordos internacionais e pela Constituição. “Lamento a violação a esse direito do deputado Bolsonaro e desejo seu rápido restabelecimento”, finaliza.

A ex-governadora Roseana Sarney, também emitiu nota à imprensa. “O atentado ao candidato Jair Bolsonaro é um ato lamentável que fere a alma democrática do povo brasileiro e só contribui para radicalizar ainda mais o processo eleitoral do país. Esperamos que o candidato tenha pronto restabelecimento e retome a sua campanha.”, lamentou Roseana.

O candidato do PSDB ao governo do Maranhão, Roberto Rocha, também utilizou-se das mídias sociais para prestar solidariedade. “Repudio qualquer forma de intolerância e desrespeito à vida humana. Espero que a sua recuperação seja o mais breve possível.”, disse em publicação.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS