ELEIÇÕES 2018

PSTU é o primeiro partido a registrar majoritárias

O partido foi o primeiro a registrar suas candidaturas majoritárias no TRE: Ramon Zapata e Nicinha Durans ao Governo do Maranhão, Preta Lu e Saulo Arcangeli ao Senado

Reprodução

O Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) registrou na tarde desta quarta-feira, 8, a candidatura de Ramon Zapata ao governo do Maranhão. Os nomes foram escolhidos em convenção, realizada no dia 26 de julho. Na época, foi confirmado ainda os nomes ao senado: o professor, e servidor público, Saulo Arcangeli e a militante do movimento negro, Preta Lú, além de candidaturas à deputado estadual e federal.

Nicinha Durans acompanha Zapata como vice-governadora. O PSTU tem feito um chamado para “rebelião popular”, no Maranhão a luta do partido é, na palavra do PSTU, contra oligarquias que segundo o partido são representadas por Flávio Dino e Roseana Sarney.

“Nosso objetivo é chamar os trabalhadores e o povo pobre do Maranhão a lutar contra esse sistema que explora e oprime a classe trabalhadora e é responsável pelos péssimos indicadores sociais do Estado”, afirma Ramon.

O partido apresentou ainda o seu programa de governo que conta com 16 medidas apontadas pelo partido para combater as mazelas do Maranhão. O partido destaca:

A suspensão do pagamento e auditoria da dívida pública do Estado; um plano de obras públicas; fortalecimento da CAEMA para garantir água e saneamento básico para todos; uma verdadeira reforma e revolução agrária; políticas de transporte, acessibilidade e mobilidade; ampliação dos investimentos nas áreas de educação, saúde, produção agrícola e pesqueira, segurança, moradia, cultura, turismo e esporte e lazer ; valorização, cumprimento de acordos e estatutos, garantia das Leis do Piso e reajuste salarial para os servidores públicos estaduais; instalação de conselhos populares.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS