POLÍTICA

Eliziane lança pré-candidatura ao Senado Federal

Deputada federal do PPS faz parte da chapa composta pelo governador Flávio Dino (PCdoB), com o pré-candidato ao senador, Weverton Rocha (PDT)

Foto: Divulgação

Na manhã de ontem, a deputada federal Eliziane Gama (PPS) lançou a sua pré-candidatura ao Senado Federal. O ato teve início às 9h no Rio Poty Hotel, na Ponta d’Areia, e contou com a presença de grande parte das lideranças dos partidos que compõem a base do governador Flávio Dino (PCdoB).

Com o auditório completamente lotado, as autoridades se revezaram para elogiar Eliziane Gama e exaltar a união do grupo ao redor das candidaturas de Flávio Dino a governador e Eliziane e Weverton Rocha (PDT) para senador. Com a presença de todo o grupo, a pré-candidatura de Eliziane é ratificada mesmo com a pressão de alguns partidos contra a sua indicação.

O deputado federal Weverton Rocha, também candidato ao Senado Federal pelo grupo e que deve fazer parceria na chapa com Eliziane, aproveitou para ressaltar a importância desta dobradinha. “Vamos fazer uma jornada de renovação no Senado, com um time que vem do povo e quer trabalhar pelo Maranhão. Nós sabemos o que é lutar pelo Maranhão”, afirmou.

Novamente, tanto Weverton, quanto Eliziane, fizeram questão de ressaltar que ambos devem fazer campanha juntos. Segundo eles, o projeto entre os dois se completa e deve conseguir alcançar todas as regiões do Maranhão.
Outro componente da chapa, o vice-governador Carlos Brandão (PRB) considerou um “dia muito importante para nossa política”.

O presidente estadual do PCdoB e pré-candidato a deputado federal, Márcio Jerry, também comentou a importância do evento para a política maranhense: “Mais um importante ato político para reforçar a luta para o Maranhão continuar no rumo certo com Flávio Dino governador de novo”.
Além dos pré-candidatos aos diversos cargos das eleições gerais de outubro, o lançamento também contou com a presença de uma série de prefeitos, inclusive o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), além de vereadores da capital maranhense e do interior. Lideranças de classes, religiosas e da juventude também prestigiaram a deputada.

Suplência

Apesar de não comentar o fato durante o evento, a possibilidade do grupo oferecer uma das suplências da pré-candidata Eliziane Gama ao PT cresceu muito nos últimos dias.

A intenção da aliança é aplacar quatro dos partidos não contemplados na chapa majoritária com as vagas de suplentes. E o PT, juntamente com o DEM, foi o partido que mais reclamou da “imposição” dos quatro nomes principais da chapa, principalmente na pessoa do ex-secretário de Esporte, Márcio Jardim (PT).

A possibilidade dos petistas conseguirem emplacar dois nomes na suplência também existe, mas não foi confirmado por nenhuma das partes. A expectativa é que a aliança divulgue os nomes dos suplentes nas próximas semanas.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS