Foto: Reprodução

Entrar na briga pelo Senado Federal não faz parte dos planos do deputado estadual Bira do Pindaré (PSB). Especulado, nas últimas semanas, para participar do pleito para a Câmara Alta, o parlamentar fez questão de afirmar que seu objetivo é concorrer a uma vaga a deputado federal em outubro deste ano.

Apesar de seu desejo em disputar o pleito para a Câmara dos Deputados, Bira do Pindaré não fecha as portas para uma possível disputa pelo Senado. Segundo o parlamentar, ele é leal ao grupo liderado pelo governador Flávio Dino (PCdoB), mas deixou seu nome à disposição caso seja escolhido por Dino.

“Eu sei que está em aberto [a segunda vaga para o Senado] e se fosse chamado aceitaria a missão na hora. Eu gosto muito de futebol, então digo que estou ali no banco de reserva, assistindo o jogo e observando toda a movimentação. Se me chamar pode ter certeza que a gente vai para a área e bota a bola para dentro”, afirmou.

Indefinição para as eleições ao Senado

Apesar de ver com bons olhos uma disputa para o Senado, o deputado Bira do Pindaré sabe da dificuldade em definir o segundo nome para a Câmara Alta na chapa de Flávio Dino. Até agora, Dino apenas confirmou apoio absoluto ao deputado federal Weverton Rocha (PDT). A outra vaga permanecesse sendo uma incógnita no jogo político.

Os deputados federais Waldir Maranhão (Avante), Eliziane Gama (PPS) e José Reinaldo Tavares (sem partido) são três postulantes declarados por esta segunda vaga ao Senado na chapa majoritária de Dino. O primeiro deles ainda tenta encontrar um partido que dê condições para ele ganhar a confiança do governador. Inclusive, especula-se nos bastidores que Waldir Maranhão estaria disposto a entrar no PT para conseguir o apoio desejado.

Já Eliziane Gama aparece, no momento, mais próxima a Dino, o que seria importante para receber o “sim” do Palácio dos Leões. Enquanto Eliziane se fortalece, o ex-governador José Reinaldo parece ter jogado a toalha. Em recente entrevista a O Imparcial, José Reinaldo demonstrou certo pessimismo: “Pelo andar da carruagem, não serei candidato pela chapa do Flávio, por falta de interesse dele. Não tem demonstrado interesse já há algum tempo”, revelou.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO