Oficializou

Roberto Rocha assume presidência do PSDB no MA

Senador Roberto Rocha pretende definir os novos caminhos para o Diretório Estadual para o ano que vem

Após ser confirmado como presidente estadual do PSDB, o senador Roberto Rocha recebeu a imprensa na sede do partido para assumir oficialmente o novo cargo, entregue a ele pela Executiva Nacional após a crise interna no Diretório Estadual envolvendo o ex-presidente e vice-governador Carlos Brandão e o próprio Roberto Rocha. Durante o encontro, ocorrido ontem, Rocha aproveitou para conversar sobre os novos caminhos que o PSDB vai seguir em 2018.

O senador chega à presidência do PSDB em um momento ainda delicado. Mesmo tendo vencido a queda de braço com Brandão, Roberto Rocha terá a difícil missão de fortalecer o ninho tucano, que deverá sofrer uma verdadeira debandada de lideranças políticas ligadas ao ex-presidente do Diretório Estadual, Carlos Brandão.

Atualmente, o PSDB possui 30 prefeituras no Maranhão, o que demonstra a força da legenda. No entanto, se as perspectivas se confirmarem, a sigla corre grande risco de perder 80% dos prefeitos, que já teriam se fechado com Carlos Brandão. Apesar das dificuldades iminentes, Roberto Rocha adotou um discurso otimista em relação ao futuro da legenda.

Durante sua posse no comando do Diretório Estadual, Roberto Rocha chegou a ser questionado sobre a composição de sua chapa para as eleições do ano que vem. O tucano abriu as portas para que o deputado José Reinaldo – hoje no PSB e prestes a acertar sua ida ao DEM – tenha todas as condições para ser a primeira opção do PSDB para o Senado.

Rocha cutucou o governador Flávio Dino (PCdoB) que, até agora, somente anunciou oficialmente o deputado Weverton Rocha (PDT) como seu “escolhido” para a disputa do Senado. Enquanto isso, Dino deixou a segunda vaga em aberto, onde os deputados federais José Reinaldo, Eliziane Gama (PPS) e Waldir Maranhão (Avante) seguem na luta para receberem o “sim” do Palácio dos Leões.

“Seria uma honra para mim. Se eu fosse governador do estado, eu poderia até discutir o segundo nome para o Senado, mas, nas circunstâncias em que foi construída a vitória desse governo, considerando a participação do Zé Reinaldo nessa vitória, eu, governador do Maranhão, anunciaria desde o primeiro momento nome de José Reinaldo Tavares. Ele seria o meu primeiro candidato a senador”, disse Rocha.

MOSTRAR MAIS