FUTURO MINISTRO

Deputado Pedro Fernandes confirma ministério e nega responder a processos

Segundo ele, a Procuradoria-Geral da República propôs o arquivamento por falta de provas

Reprodução

O deputado federal Pedro Fernandes (PTB-MA) confirmou ter sido convidado para assumir o Ministério do Trabalho. A nomeação à pasta, segundo ele, deve ser publicada no Diário Oficial da União hoje e a posse ocorrerá no dia 4 de janeiro, quinta-feira da próxima semana. O Palácio do Planalto não confirmou a escolha do deputado para o cargo.

Sobre a informação de que o deputado responde a processos, a assessoria parlamentar divulgou nota em que esclarece que: “Em resposta às afirmações veiculadas pela mídia nacional sobre o Deputado Federal Pedro Fernandes (PTB-MA), no que se refere a processo judicial por crime de peculato, a assessoria do parlamentar afirma não proceder a afirmativa, haja vista que o Ministério Público, na figura de sua eminente Procuradora-Geral da República, Raquel Dodge, propôs o arquivamento do inquérito por falta de elementos indicativos da prática de crime. No estrito cumprimento de seu dever, o Excelentíssimo Ministro Celso de Mello acolheu o pedido, arquivando o inquérito em 19 de dezembro de 2017, antes mesmo da indicação do Deputado Pedro Fernandes ao cargo de Ministro do Trabalho”, conclui a assessoria do parlamentar.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS