CORONAVÍRUS

No Maranhão

568
353095
309592
10120
VIOLÊNCIA

Pai e madrasta são presos suspeitos de maus-tratos após morte de criança de seis anos

Ambos foram identificados como Erivaldo Campelo Marinho e Patrícia Almeida da Silva, pai e madrasta da criança.

Erivaldo Campelo Marinho e Patrícia Almeida da Silva foram presos suspeitos do crime de maus-tratos. (Foto: Divulgação).

Um casal foi preso em flagrante nesse domingo (1°), na Vila Vitória, região do bairro Cruzeiro de Santa Bárbara, em São Luís. Eles são suspeitos de maus-tratos contra uma criança de seis anos. O homem foi identificado como Erivaldo Campelo Marinho, e a mulher, identificada como Patrícia Almeida da Silva. Ambos são respectivamente, pai biológico e madrasta da criança.

De acordo com informações da polícia, os dois foram presos, após a criança, conhecida como Helleyne Heloar, ter caído duas vezes, sendo uma vez de uma rede e a outra de uma janela. A menina foi levada em estado grave para o Hospital Municipal Clementino Moura (Socorrão II) e depois transferida para o Hospital Municipal Djalma Marques (Socorrão I), onde não resistiu e morreu.

A polícia informou que o acidente aconteceu por volta das 11h do domingo e outras crianças, além de Helleyne estavam na residência. Todos são filhos apenas de Patrícia Almeida.  Jefferson Sousa, conselheiro tutelar do bairro São Raimundo, contou que o médico atestou uma série de hematomas, queimaduras e múltiplas lesões no corpo da menina.

Ainda de acordo com informações da polícia, Erivaldo Campelo Marinho, Patrícia Almeida da Silva, junto com as outras crianças foram encaminhados para a Casa da Mulher Brasileira. As crianças foram entregues aos cuidados de uma tia, elas apresentavam ferimentos e cicatrizes pelo corpo. O casal foi preso e pode responder por maus-tratos.

VER COMENTÁRIOS
Esportes
Entretenimento e Cultura
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias