CORONAVÍRUS

No Maranhão

568
353095
309592
10120
CASO LÁZARO

Dinheiro, remédios e armas: veja o que Lázaro carregava na mochila

A polícia também encontrou munições, que foram supostamente roubadas por Lázaro na ocasião que ele invadiu uma chácara em Cocalzinho de Goiás e baleou três pessoas.

Itens encontrados pela polícia dentro da mochila de Lázaro Barbosa. (Foto: Reprodução).

Faca, comida, remédio e armas foram alguns dos itens encontrados pela polícia dentro da mochila que Lázaro Barbosa Sousa, 32 anos, carregava. O suspeito de assassinar uma família no DF, balear quatro pessoas e manter reféns foi morto na manhã de terça-feira (29/6), durante um confronto com policiais militares da Rotam de Goiás, em Águas Lindas.

Os pertences passam por perícia. Na foto, a qual o Correio teve acesso, mostra alguns dos objetos. Na mochila, Lázaro carregava escova de dente, isqueiros, cebola, biscoitos e macarrão instantâneo, faca, remédios e um casaco camuflado.

A polícia também encontrou duas armas e munições, que foram supostamente roubadas por Lázaro na ocasião que ele invadiu uma chácara em Cocalzinho de Goiás e baleou três pessoas. O suspeito também guardava um dinheiro no valor de R$ 4,4 mil. Os investigadores analisam todos os itens, inclusive o celular roubado por ele em 15 de junho, quando manteve três pessoas da mesma família reféns em Edilândia.

Confronto e morte

Imagens do circuito interno de segurança de uma casa captaram Lázaro Barbosa por volta das 20h desse domingo (27/6). Na filmagem, ele sai de uma mata e caminha pela rua, em direção à casa da ex-mulher e da ex-sogra, em Águas Lindas de Goiás.

Policiais receberam uma denúncia anônima e se deslocaram às pressas para a região. Durante a madrugada, agentes da Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO) teriam visto o suspeito, que os ameaçou dizendo: “Se entrar, vou meter tiro no rosto”. Em seguida, ele fugiu para a área de mata, mas foi capturado por volta das 9h dessa segunda-feira (28/6).

Segundo informou o secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, Lázaro estava com duas armas, uma pistola e um revólver e teria descarregado as munições contra os policiais, que revidaram. O homem foi alvejado com mais de 30 tiros e morreu antes de chegar no Hospital Bom Jesus.

VER COMENTÁRIOS
Esportes
Entretenimento e Cultura
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias