CORONAVÍRUS

No Maranhão

2777
250868
226812
6601
AÇÃO POLICIAL

Suspeito de homicídio que estava foragido desde 2015 é preso em São Luís

De acordo com informações da polícia, o homem já tinha sido indiciado pelo crime de homicídio

O latrocínio ocorreu em fevereiro do ano passado (Foto: Reprodução)

Na tarde desta segunda-feira (01), a Polícia Civil do Maranhão, por meio da Superintendência de Polícia Civil da CapitaL (SPCC) e da equipe do 12º Delegacia do Maracanã, cumpriu um mandado de prisão contra um homem que estava foragido desde 2015.

Leia também: Filho mata pai com tiro na cabeça durante discussão em Caxias

O suspeito, conhecido como “Pato”, é investigado por vários crimes de roubos, sendo um deles ocorrido em 13 de dezembro do ano passado, às margens da BR 316, no Bairro Arraial. De acordo com informações da polícia, o homem já tinha sido indiciado pelo crime de homicídio, que vitimou Valdivino do Nascimento, em 20 de outubro de 2020.

O investigado foi encaminhado ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde fica à disposição de Justiça.

Outro caso

Ainda nesta segunda-feira (01), a Polícia Civil do Estado do Maranhão cumpriu um mandado de prisão preventiva contra um homem, identificado apenas pelas iniciais A.S.S. O suspeito é investigado pelo suposto homicídio de Reginaldo de Almeida Santos, primeiro do autuado. O crime aconteceu em janeiro de 2015, durante uma discussão, no povoado Cachoeira do Pesqueiro, em Grajaú.

Em depoimento, o homem confessou o homicídio e disse também golpeou o primo no abdômen com uma faca, após uma bebedeira.

A prisão foi realizada pela Delegacia de Polícia Civil de Grajaú, pertencente a 15ª Delegacia Regional de Barra do Corda, e teve apoio da Guarda Municipal. O mandado foi expedido pela 2ª Vara da Comarca de Grajaú.

O autuado foi encaminhado para a Unidade Prisional da Grajaú, onde fica à disposição da Justiça.

Para se manter bem informado sobre o Maranhão acesse oimparcial.com. Siga, também as nossas redes sociais, TwitterInstagram e curta nossa página no Facebook. Tem alguma denúncia para fazer? Entre em contato por meio do nosso WhatsApp (98) 99120-9898.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Entretenimento e Cultura
Esportes
Polícia
Mais Notícias