CORONAVÍRUS

No Maranhão

1701
70689
47776
1760
OPERAÇÃO

Polícia prende em São Luís suspeito de latrocínio de empresário no Pará

O suspeito já responde a processos por envolvimento em crimes de roubo majorado e porte de arma de fogo com numeração suprimida

Foto: Reprodução

A Polícia Civil do Maranhão prendeu um homem, de 29 anos, de nome não revelado, no Terminal de Integração da Praia Grande, em São Luís, na noite de sábado (20). O homem foi identificado como sendo um dos suspeitos do latrocínio ocorrido em Belém (PA) no dia 5 de fevereiro deste ano, que teve como vítima o empresário Amintas Pinheiro.

De acordo com as informações policiais, a ação faz parte de um trabalho conjunto das polícias Civil do Maranhão e do Pará, que cumpriram três mandados de prisão, sendo duas preventivas e uma sentença definitiva.

A polícia também informou que o investigado já responde a processos por envolvimento em crimes de roubo majorado e porte de arma de fogo com numeração suprimida.

O suspeito confessou a sua participação no crime de latrocínio, detalhando a participação de outros sete comparsas. Ele foi encaminhado à unidade prisional, onde aguardará à disposição do Poder Judiciário.

O crime

No dia 5 de fevereiro deste ano, o empresário Amintas Pinheiro foi atingido por vários disparos enquanto chegava em sua residência. De acordo com a polícia, a vítima ainda foi socorrida e levada a um hospital, mas não resistiu. Amintas era casada com a deputada estadual do Pará Nilse Pinheiro.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Notícia Boa
Checamos
Polícia
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias