ROUBO

PRF recupera no Maranhão equipamentos roubados de companhia telefônica no Piauí

O veículo foi apreendido por apresentar várias adulterações e remarcações nos elementos identificadores

Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na manhã de quarta-feira (13) na BR-316, município de Caxias-MA, um veículo picape GM/ Montana, placas do Pará, transportando um gerador e um motor pertencentes a uma companhia telefônica localizada em Piripiri, no estado do Piauí.

Os policiais abordaram o veículo em frente a Unidade Operacional da PRF, situada no KM 543, da BR-316, em Caxias-MA. No compartimento de carga do veículo, estavam sendo transportados um equipamento gerador, marca WEQ, modelo GTA162AIVD, e um motor marca MWM, modelo D229-3, bem como vários itens dos equipamentos espalhados na carroceria da picape.

O veículo foi abordado após informação repassada peoa Centro de Comando e Controle – C3R, da PRF no estado do Maranhão, a qual informava sobre ocorrência de furto de equipamento semelhante ao transportado no veículo abordado, crime ocorrido horas antes, na cidade de Piripiri-PI, e teria sido subtraído da estação de transmissão da empresa de telefonia VIVO, situada na localidade “Bomfim”, naquele município, conforme Boletim de Ocorrência registrado.

Após realizar comparação da identificação dos bens subtraídos com os bens em poder do condutor, foi constatado tratar-se dos mesmo objetos. Indagado sobre como teria adquirido o conjunto motor-gerador, informou que comprou de uma pessoa conhecida como Roberto, pelo valor de R$ 8.000,00.

Segundo informações, Roberto trouxe o conjunto motor-gerador, embarcado em uma caminhonete GM/Montana de cor preta, de característica envelhecida. Foi realizada identificação veicular na caminhonete retromencionada, momento em que foi verificado que vários elementos de identificação haviam sido suprimidos ou remarcados.

Em relação ao veículo que conduzia, informou tê-lo adquirido há cerca de 2 anos, na cidade de Ananindeua/PA, de um cidadão chamado Nenem, e que continua pagando prestações no valor de R$ 1.080,00 através de financiamento bancário.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao envolvido em face aos crimes de receptação e adulteração de sinal identificador de veículo, e conduzidos a autoridade policial para os procedimentos cabíveis.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias