EM IMPERATRIZ

Polícia desarticula grupo responsável por prejuízo de R$ 1 milhão a empresas

A grupo adquiria veículo em concessionárias após fraudar a documentação de bancos financiadores

Reprodução

A Polícia Civil do Maranhão desmontou nesta terça-feira (17), um esquema criminoso responsável por causar um prejuízo de mais de R$ 1 milhão de reais a instituições financeiras. A ação aconteceu através da “Operação Ilha”, deflagrada pelo Grupo de Pronto Emprego 10ª Delegacia Regional de Imperatriz.

A grupo adquiria veículos, como caminhões, carros e caminhonetes, em concessionárias após fraudar a documentação de bancos financiadores. Os integrantes utilizavam os veículos como FINAN (veículos que foram financiados perante bancos ou instituições financeiras, mas que as parcelas não foram ou não estão sendo pagas, ou que foram adquiridos mediante fraude, com a prévia intenção de não pagar as prestações de financiamento) e até o uso pessoal.

Um dos investigados, ex-proprietário da empresa de fraudes, realizou todo o processo de transferência para outro integrante da associação, que usando um documento falso, começou a aplicar os golpes nas instituições financeiras e concessionárias no Estado do Maranhão.

Até o momento, a polícia já contabilizou dois carros de passeio, duas caminhonetes, um caminhão e já havia sido encaminhada a aquisição de outros dois caminhões.

Foi identificado e preso em flagrante pelos crimes de associação criminosa e estelionatos recorrentes, Cláudio Fernandes da Silva Lima, ex-proprietário da empresa que juntamente com os demais envolvidos utilizava sua atual empresa como um escritório da associação, onde foram realizadas as assinaturas de vários contratos com os bancos.

Após autuação em flagrante, Cláudio Lima foi encaminhado para Unidade Prisional de Ressocialização de Imperatriz onde está à disposição da justiça. As investigações continuam no intuito de localizar, identificar e prender os demais integrantes da associação criminosa.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias