"LETUM"

Operação da PF prende quadrilha especializada em eliminar rivais

Durante a investigação, identificou-se aproximadamente 20 casos de homicídios consumados e tentativas de homicídios.

Reprodução

A Policia Federal deflagrou operação, denominada “Letum”, em seis cidades das regiões Nordeste e Centro-Oeste do país, sendo que no Maranhão foram alvos: São Luís, Imperatriz e Vitória do Mearim.

A Delegacia de Combate aos Crimes contra o Patrimônio (Delepat), da Superintendência Regional do Maranhão, realizou a ação com a finalidade de reprimir organização criminosa especializada em tráfico de drogas e armas na região Tocantina.

Foram cumpridos 30 Mandados de Prisão Preventiva, e 25 Mandados de Busca e Apreensão, tendo as ordens judiciais sido determinadas pelo juiz Francisco Ronaldo Maciel Oliveira, titular da 1.ª Vara Criminal de São Luís, com apoio de 100 policiais federais das Superintendências Regionais do Ceará, Piauí, Tocantins, Pará, Amazonas, Amapá, Paraná e Mato Grosso do Sul, visando colher provas da materialidade delitiva.

Início das investigações

As investigações foram iniciadas para apurar um homicídio, ocorrido no dia 3 de junho deste ano, que levaram à identificação de um braço da organização criminosa responsável por eliminar rivais.

Observou-se que o grupo criminoso, dividido de forma estruturada, possui um setor responsável por planejar e realizar mortes de membros de outras facções, bem como policiais, agentes penitenciários e demais atores da persecução penal que entendam serem contrários aos seus objetivos.

Durante a investigação, identificou-se aproximadamente 20 casos de homicídios consumados e tentativas de homicídios.

A Operação foi denominada “Letum” em referência à personificação da morte na mitologia romana.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias