Polícia

Integrante de facção criminosa é preso por envolvimento na explosão do Banco do Brasil em Rosário

As investigações continuam com o objetivo de prender os demais integrantes da ação criminosa

Reprodução

Policiais do Departamento de Combate a Roubo a Instituição Financeiras (DECRIF/SEIC) prenderam, na quinta-feira (12), na Vila Conceição, em São Luís, Romário da Conceição Araújo, mais conhecido como “Romarinho”, ele foi detido por seu envolvimento na explosão do Banco do Brasil em Rosário, que aconteceu no dia 25 de julho de 2019.

Leia também: Criminosos explodem agência do Banco do Brasil em Rosário

Além do mandado de prisão pela explosão do BB, expedido pela Comarca de Rosário, havia outro, da Central de Inquéritos e Custódia de São Luís, por tentativa de homicídio em julho deste ano.

De acordo com informações da polícia, Romário é integrante de uma facção criminosa que tem atuação em todo Estado, ele já responde também por dois roubos, um homicídio e porte ilegal de arma. Após todos os procedimentos, “Romarinho” foi encaminhado para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas, e ficará à disposição da Justiça.

As investigações continuam com o objetivo de prender os demais integrantes da ação criminosa.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias