SÃO PAULO

Decretada prisão de seguranças suspeitos de torturar jovem em supermercado

O adolescente foi torturado por cerca de 40 minutos

Reprodução

A Justiça de São Paulo decretou a prisão temporária dos seguranças David de Oliveira Fernandes e Valdir Bispo dos Santos, suspeitos de torturar um adolescente no supermercado Ricoy, na Vila Joaniza, zona sul da capital.

O inquérito sobre o caso foi instaurado no 80º Distrito Policial após as cenas da tortura do menor começarem a circular na internet. No vídeo, o adolescente está nu e amordaçado enquanto apanha e é ameaçado pelos agentes de segurança do estabelecimento.

A prisão dos seguranças foi pedida pela Polícia Civil e concedida pela juíza Tatiana Saes Ormeleze, do Fórum Criminal da Barra Funda. Foi autorizada ainda a busca e apreensão dos suspeitos em suas residências.

A vítima das agressões prestou depoimento à polícia na última segunda-feira (2). Ele contou que não se lembra do dia exato em que o fato ocorreu, recorda apenas que foi no mês de agosto.

De acordo com os policiais, ele pegou uma barra de chocolate da gôndola do supermercado e tentou sair sem pagar. Foi então que os dois seguranças abordaram o adolescente e o levaram para um quarto nos fundos do estabelecimento para começar a tortura. Nesse quarto ele foi despido, amordaçado, amarrado e torturado por cerca de 40 minutos com um chicote improvisado com fios elétricos entrançados.

O menor contou que preferiu não registrar boletim de ocorrência com medo de represálias. Segundo seu depoimento, ele foi ameaçado por um dos seguranças, que disse que o mataria se ele relatasse o caso a alguém. Outros funcionários do supermercado, ao serem ouvidos pela polícia, relataram que não sabiam nada sobre o ocorrido.

O supermercado Ricoy informou que “repugna esta atitude” e que tomou conhecimento dos fatos pela imprensa com “indignação”. A empresa informou também que “não coaduna com nenhum tipo de ilegalidade” e que vai colaborar com as autoridades competentes para a apuração do caso.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias