EM TIMON

Suspeito de tráfico de drogas é preso e tenta subornar a polícia

“Alex Capela”, ao ser preso, ofereceu quinze mil reais para ser liberado

Reprodução

A Polícia Civil do Maranhão, através do Departamento de Investigações sobre Narcóticos (DENARC), em Timon, efetuou na tarde de ontem (06), por volta das 17h20, a prisão em flagrante do nacional Alex Furtado da Silva, conhecido como “Alex Capela”, de 26 anos.

O suspeito foi abordado pela equipe da Denarc quando chegava em sua residência situada, no bairro Planalto Boa Esperança, em Timon. Na casa de “Alex Capela”, a equipe encontrou a quantia de R$ 9.524,00 (nove mil, quinhentos e vinte e quatro reais), em espécie, além de diversas anotações contendo uma contabilidade do tráfico de drogas com nome de pessoas, quantidade de drogas e quantias pagas ou devidas.

No interior da casa foi encontrada ainda uma balança de mão, aproximadamente 300 (trezentos) gramas de uma substância esbranquiçada que foi encaminhada ao órgão pericial visando a identificação da natureza da substância.

Alex já vinha sendo acompanhado desde o dia 02 de julho do ano em curso quando foi apresentado na Central de Flagrantes de Timon, pela PM, na posse de aproximadamente R$ 3.500,00 (três mil e quinhentos reais) em espécie, porém, naquela ocasião foi liberado.

Alex Furtado da Silva, conhecido como “Alex Capela”

Desde então, a equipe se empenhou no sentido de localizar a casa de Alex e monitorá-lo, culminando com a abordagem e prisão. Na sede da Denarc, Alex Furtado da Silva ofereceu para um dos policiais civis a quantia de R$ 15.000,00 (quinze mil reais) para ser liberado, configurando dessa forma o crime de Corrupção Ativa, previsto no artigo 333 do Código Penal.

“Alex Capela” encontra-se atualmente cumprindo pena em Livramento Condicional, uma vez que fora condenado pela prática do crime de tráfico de drogas, na comarca de Timon/MA.

Após a autuação em flagrante delito pelos crimes de tráfico de drogas e corrupção ativa, o preso foi encaminhado para o presídio local, ficando à disposição do Poder Judiciário.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias