OPERAÇÃO POLICIAL

Membros de organização criminosa são presos na capital e interior do estado

Os trabalhos investigativos tiveram início no fim do primeiro semestre quando a polícia apreendeu armas e drogas.

Reprodução SSP-MA

A Polícia Civil do Maranhão, por meio da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC), deu cumprimento, na manhã dessa quinta-feira (15), a mandados de prisão preventiva contra integrantes de uma facção criminosa que agia na capital e no interior do estado, pelo crime de tráfico de drogas.

De acordo com informações policiais, no bairro da Vila Conceição, em São Luís, contra Laélia Talita Sousa Cruz conhecida como “Tatá”, de 19 anos, Edenilce da Silva Oliveira, conhecida como “Titica”, de 20 anos, e Cléo Lago Abreu, de 49.

Em outro alvo da operação, na cidade de Santo Antônio dos Lopes, a polícia deu cumprimento a um mandado de prisão preventiva em desfavor de Pedrina Pereira dos Santos Muniz, de 24 anos.

Ainda segundo com a Polícia Civil, foram cumpridos mandados contra Alexandro Falcão Olímpio, conhecido como “Sabão”, de 33 anos, Carlos Henrique Araújo, conhecido como “Revoltado”, de 37, Joel Maia Reis, de 28 e Paulo Roberto Gomes Silva, de 35 anos, que já se encontram presos, mas tinham mandados de prisão preventiva em aberto.

Os trabalhos investigativos tiveram início no fim do primeiro semestre quando a polícia apreendeu armas e drogas.

No último mês de abril, a Polícia Civil apreendeu 01 (uma) pistola PT 100 com o brasão da PMESP, 06 munições calibre 12, 23 munições calibre 40, 50 (cinquenta) munições calibre 9mm, 12 pacotes contendo cocaína, duas porções média de crack, 01 (uma) porção média de maconha, cadernos de anotações, documentos diversos em nome dos investigados, além de apetrechos utilizados no tráfico de drogas.

Já no mês de maio durante uma operação, os policiais apreenderam 01 (uma) pistola CZ, 14 munições calibre 9mm, 16 munições calibre 38, cadernos de anotações, documentos diversos em nome dos investigados, além de 7 pacotes de maconha que foram encontrados em compartimento oculto.

A polícia irá dar prosseguimento as investigações, para identificar outros co-autores que tenham vínculo criminoso com os suspeitos. Após adoção das medidas cabíveis, todos foram encaminhados ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas onde ficarão à disposição da justiça.

VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias