GOIÁS

João de Deus deixa presídio para fazer exames após sentir tonturas

João de Deus realizou uma tomografia computadorizada no Hospital São Silvestre, em Aparecida de Goiânia.

Reprodução

O médium João de Deus, acusado de cometer abusos sexuais em durante seus atendimentos religiosos, deixou o presídio nesta sexta-feira (23) para fazer um exame em um hospital de Aparecida de Goiânia.

De acordo com seu advogado, Anderson Van Gualberto de Mendonça, seu cliente reclamou de tonturas devido a quedas que ele teria sofrido dentro da cadeia. Na última dessas quedas, no início de agosto, o médium teria inclusive batido a cabeça ao cair.

O advogado do preso explicou que os médicos solicitaram uma tomografia para verificar se as tonturas estão ocorrendo devido às quedas ou se elas resultam da deterioração do estado de saúde dele.

João de Deus chegou escoltado ao Hospital São Silvestre às 9h25 para fazer uma tomografia computadorizada. Ele fez o exame e deixou a unidade cerca de 20 minutos depois.

VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias