Crime

Suspeitos de matar professor são presos em Pinheiro

Dois homens e um adolescente são suspeitos de participar do assassinato de Algenir dos Santos Ferreira que foi encontrado morto na última terça-feira (19)

Reprodução

Suspeitos de participar do assassinato do professor Algenir dos Santos Ferreira, em Pinheiro, dois homens foram presos e um adolescente foi apreendido na noite da última quinta-feira (21). O delegado titular da Delegacia Regional de Pinheiro, Oseias Ferreira Cavalcanti, confirmou as prisões (e a apreensão).

De acordo com as investigações, os três suspeitos eram conhecidos do professor e chegavam a frequentar a casa da vítima; e os dois homens foram identificados como Ítalo e Wellington. Além disso, foram encontrados pertences de Algenir como roupas e o notebook.

Parte da população, ao saber das prisões, se aglomerou na porta da delegacia que teve a segurança reforçada para conter a fúria das pessoas.

Entenda o crime

O corpo de Algenir dos Santos Ferreira foi encontrado na última terça-feira (19) com várias perfurações de arma branca em um povoado de Presidente Sarney. Algenir Santos era professor da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) e ex-secretário de Cultura e Turismo de Pinheiro.

De acordo com o delegado Oseias Ferreira Cavalcanti, investigações preliminares apontam que Algenir Ferreira foi vítima de um latrocínio (roubo seguido de morte). O professor foi assassinado em sua casa, em Pinheiro, na noite de segunda-feira (18).

Após cometerem o latrocínio, os criminosos levaram o corpo do professor Algenir, envolto em um lençol, até a cidade de Presidente Sarney. O carro de Algenir, um Fiat Cronos de cor branca e placa PTD-6677, foi subtraído na ação criminosa.

VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias