CORONAVÍRUS

No Maranhão

5823
83256
63156
2081
12 assassinatos no Carnaval

Os homicídios foram registrados na capital e região metropolitana durante o período carnavalesco

Além das mortes nas rodovias federais que cortam o Maranhão durante o Carnaval, 12 pessoas perderam a vida em assassinatos na Grande Ilha de São Luís.

 

Mortes no período de Momo
No dia 25, o sábado de Carnaval, a primeira vítima foi Jaenilson Correira Lindoso, de 19 anos, assassinado no bairro da Cidade Operária vítima de arma de fogo. A outra vítima foi Ítalo Felipe Sousa Filho, de 21 anos. Ele foi baleado no sábado de Carnaval, na Matinha de Itapera e encontrado no domingo, ainda com vida. O rapaz foi encaminhado para o hospital Socorrão I, mas na terça-feira não resistiu e morreu.
Ainda na terça de carnaval, um homem de 28 anos, identificado como Gilson Fabiano Sousa Gomes, foi assassinado a tiros em um bloco no bairro do Anil. Na madrugada desta Quarta-feira de Cinzas, dia 1º de março, a vítima identificada como Vicente Felix Lima da Silva, de 21 anos. O rapaz foi assassinado no bairro Nova Gapra. Um homem ainda não identificado foi morto no bairro João de Deus.

Domingo de Carnaval foram sete mortes
No domingo de carnaval foi a vez do arrastão da violência em São Luís. Ao todo foram sete pessoas assassinadas. As vítimas foram:
1-Adriano Ribeiro de Oliveira, vítima de arma de fogo na Vila Cotia.
2-Richardson Araújo, de 26 anos, morto na BR-135.
3-Natalino da Silva Gama, de 35 anos, assassinado no bairro Anjo da Guarda. 4-Daniel Berg de Oliveira Cardoso, de 33 anos, morto a força bruta, no bairro da Estiva.
5-Gleydson Rodrigues Pereira. Ele foi espancado até a morte, no bairro Vicente Fialho.
6- Gleydson Elias Lindoso, de 22 anos, assassinado por arma de fogo na Praça dom Pedro II.
7-Carlos César Pereira, 42 anos, morto por arma branca.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Notícia Boa
Checamos
Polícia
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias