BAÍA DE SÃO MARCOS

Água invade ferryboat durante travessia de passageiros

O incidente ocorreu no último sábado (21).

O incidente foi registrado nesse sábado (21) e causou preocupação aos passageiros que estavam a bordo. (Foto: Reprodução)

Nesse último sábado (21), um vídeo causou preocupação aos passageiros que estavam a bordo de ferryboat que fazia a travessia de pessoas e veículos entre os terminais da Ponta da Espera, em São Luís; e o Porto de Cujupe, em Alcântara.

O vídeo que circulou nas redes sociais mostra o momento em que a água da maré invade o interior da embarcação.

Em nota, a Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB) comunicou que o fato aconteceu quando o ferryboat cercou o canal com a maré vazante, quando isso acontece, em determinados momentos, a água passa pelo convés da embarcação em um trecho do percurso, conclui a MOB.

Dessa forma, a situação não traz nenhum obstáculo na travessia ou risco durante a viagem para quem faz uso desse tipo de transporte para se locomover. Assim sendo, para os demais habitantes das embarcações que fazem esse percurso diariamente, de São Luís para Alcântara e vice versa.

A MOB também informou que o ferry em questão, anida fez viagens de São Luis/Cujupe nos horários de 5h/7h30, 10h/12h30, 15h/17h30 , e mais um extra saindo da Ponta da Espera às 19h20.

PROBLEMAS CONSTANTES

Essa não é a primeira vez que os viajantes do serviço de ferryboat reclamam da precariedade e falta de segurança nas embarcações. Trabalhadores de cooperativas de vans, que na última terça-feira (17), realizaram um protesto no Terminal da Ponta da Espera e no Terminal do Cujupe, por melhores condições dos serviços prestados pelas empresas de transporte aquaviário.

O protesto chegou ao fim, na tarde de terça-feira, após intensa negociação entre a MOB, as Cooperativas de Transporte Alternativo da Baixada Maranhense, as empresas Serviporto e Internacional Marítima, Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap) e a Polícia Militar do Maranhão (PMMA).

Segundo a MOB, um dos ferryboat passou por um serviço de manutenção, o que acabou sobrecarregando as outras duas embarcações, o que resultou em demora no embarque e possíveis filas, Assim, duas das três embarcações estavam em operação, na última semana.

VER COMENTÁRIOS
Esportes
Entretenimento e Cultura
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias