SAÚDE

5 dicas para parar de fumar definitivamente

Algumas ações e estratégias podem ajudar a minimizar o desejo de fumar, procurar uma clínica de recuperação confiável também é uma possibilidade.

O hábito de fumar causa bastante prejuízo à saúde. (Foto: Divulgação)

O consumo de tabaco, infelizmente, ainda é muito grande no país e no mundo. Embora muitas pessoas queiram parar de fumar, isso nem sempre é fácil. Ao mesmo tempo, algumas ações e estratégias podem ajudar a minimizar o desejo de fumar, viabilizando o abandono do vício à medida que o tempo passa.

Porém, alguns cuidados devem ser levados em conta, além de considerar o auxílio de uma clínica de recuperação confiável para que seja possível atravessar a dependência química com mais tranquilidade.

Veja agora 5 dicas para parar de fumar definitivamente:

1. Simplesmente dê o primeiro passo – ele costuma ser o mais difícil – marcando uma data para parar de fumar

Na hora de parar de beber, parar de fumar ou até mesmo abandonar outro tipo de entorpecente, como maconha, ayahuasca, etc., o primeiro passo sempre será o mais difícil.

Por isso, a melhor coisa a se fazer, antes de mais nada, é marcar uma data para interromper o consumo de cigarro.

Considere, ainda, pensar em uma “parada gradativa”. Por exemplo, se você consome 15 cigarros por dia, marque para parar de fumar daqui 15 dias. Assim, no primeiro dia você consome 15 cigarros, depois 14, 13, 12… Até zerar e começar o seu processo de desintoxicação.

2. Prepare-se para os sintomas de abstinência 

Entenda quais são todos os sintomas de abstinência do cigarro e prepare-se para isso! Dessa forma você não se sentirá tão “surpreso” e estará mais preparado para as adversidades. Por isso, considere sintomas como:

  • Fome;
  • Dor de cabeça;
  • Tremores;
  • Sudorese;
  • Ansiedade;
  • Irritabilidade;
  • Dificuldade de concentração;
  • Alterações do sono;
  • Mal-estar geral;
  • Entre outros.

3. Saiba os efeitos negativos do cigarro e mentalize isso com frequência

Sabe as consequências negativas do cigarro? Use esse conhecimento ao seu favor. Quando o desejo de consumo surgir, lembre-se dos problemas dentários, nas unhas, na boca, no pulmão… Use tudo isso para criar uma verdadeira “repulsa” ao cigarro.

4. Consuma pequenas refeições ao longo do dia para lidar com a “fome” da abstinência e com a ansiedade

Pequenas refeições podem ajudar a lidar com a fome gerada pela abstinência, além de diminuir a ansiedade. Para isso, consuma pequenas tiras de cenoura ou outras frutas e verduras em pequenas porções.

Dessa forma você terá o prazer de consumir algo com um sabor agradável, além de cuidar da saúde do seu corpo e lidar melhor com os sintomas da abstinência.

5. Pratique atividades que gerem prazer e bem-estar 

A nicotina, por si só, gera sensações de prazer e bem-estar. Por isso, investir em atividades que também lhe façam se sentir bem é muito importante para parar de fumar definitivamente.

Dessa forma, invista em exercícios físicos, encontre um hobby que seja agradável para você e, se possível, inclua alguma companhia nessas atividades. Pode ser um amigo, familiar, cônjuge, etc. Pois esse tipo de atividade tende a gerar um maior engajamento, mais bem-estar e prazer, e pode lhe auxiliar a atravessar o momento de abstinência.

No caso de dúvidas, consulte um médico para saber mais!

VER COMENTÁRIOS
Esportes
Entretenimento e Cultura
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias