Solidariedade

Maranhão envia ajuda à Bahia, estado fortemente afetado pelas chuvas

A região tem sido castigada por fortes chuvas, sendo que 66 cidades estão em situação de emergência.

Corpo de Bombeiros do Maranhão foi enviado para auxiliar atingidos por enchentes na Bahia. (Foto: Divulgação)

O Governo do Maranhão enviou nesse domingo (26) integrantes do Corpo de Bombeiros ao sul da Bahia, para auxiliar no socorro às vítimas das inundações.

A região tem sido castigada por fortes chuvas, sendo que 66 cidades estão em situação de emergência. A Defesa Civil confirmou 18 mortos, 286 feridos, 4,2 mil desabrigados e 11 mil desalojados.

De acordo com o coronel Célio Roberto, os maranhenses devem atuar em Ilhéus. “O desejo que nós carregamos é o desejo de toda corporação, é o de estar lá representando a nossa corporação, o Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão, o Governo do Estado do Maranhão, e vamos com esse sentimento de ajudar os nossos irmãos bombeiros militares da Bahia para salvar vidas. Não importa qual é o território, se é dentro do nosso estado, se é fora, nós desempenhamos o trabalho com o mesmo afinco, com a mesma devoção”, declarou.

Num primeiro momento 17 militares já se deslocaram de avião para o território baiano. Eles são especialistas em intervenção em áreas inundadas, resgate em águas rápidas e irão mapear as cidades assoladas pelas enchentes para definir o plano de ação das equipes de resgate do Maranhão.

Outra equipe com 12 militares do Batalhão de Busca e Salvamento (BBS) está em deslocamento, transportando um bote inflável e equipamentos de resgate, como roupas de mergulho, botas, capacetes e coletes de salvamento aquático, cordas e material de salvamento em altura e soterramento.

“Nosso sentimento é de servir ao próximo, de servir ao nosso Maranhão e servir também ao povo brasileiro. Ressalto ainda o apoio que o governador Flávio Dino tem nos dado. É sempre ele quem decide em que missões vamos atuar e me repassa para que os bombeiros do Maranhão apoiem. Um exemplo clássico disso é Brumadinho, em 2019, quando participamos com uma equipe naquele que infelizmente foi o maior desastre com perdas de vidas humanas”, completou o coronel.

As persistentes tempestades estão arrasando o sul da Bahia desde o início do mês. E as coisas podem ficar ainda mais complicadas. Barragens romperam nas cidades como Itambé, Vitória da Conquista e Jussiape.

Moradores de algumas localidades estão sendo orientados pelas prefeituras locais a deixar suas casas.

VER COMENTÁRIOS
Esportes
Entretenimento e Cultura
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias