PRÉ-COPA DO NORDESTE

Moto Club tem apenas uma dúvida para enfrentar o CRB

Delegação deixou São Luís nesta terça-feira, com destino a Maceió-AL

Foto: Hiago Ferreira/Divulgação/Moto

Depois de passar mais de quinze dias se preparando, o Moto seguiu na manhã desta terça-feira (16) para Maceió-AL, onde joga na noite da próxima quinta-feira, contra o Clube de Regatas Brasil (CRB). O jogo será decisivo para as pretensões rubro-negras de chegar à fase de grupos da Copa do Nordeste em 2022.

O técnico Marcinho Guerreiro aproveitou o amistoso disputado em Matões do Norte para definir a formação inicial do time. A novidade será a volta do zagueiro Anderson Cearense, que atuará ao lado de Keven. Uma dúvida surgiu na definição do meio-campo: Vander ou Jef Silva. No ataque não deverá haver alteração. A provável equipe será João Paulo; Diego Renan, Keven, Anderson Cearense e Esquerdinha; Hulk, Vander (ou Jef Silva), Cleitinho e Henrique; Márcio Diogo e Wállace. Esta formação foi testada em Matões, no amistoso que o time disputou na última quarta-feira (10).

Uma das armas do ataque, o veloz atacante Gustavo, autor do gol que resultou na vitória sobre o CRB, em São Luís, será mantido no banco, mas deve entrar no segundo tempo.
Os jogadores viajam estimulados por uma boa gratificação prometida pela diretoria, que está de olho nos R$1,2 milhão que a competição regional oferecerá pela participação inicial no ano que vem. O bom resultado também valerá a renovação de contratos de vários atletas e da comissão técnica.

Rodrigo Ramos

O presidente Yglésio, que assumiu o cargo na semana passada, está se movimentando para compor o grupo de assessores no departamento de futebol. O ex-goleiro Rodrigo Ramos continuava sendo o mais cotado para assumir a gerência de futebol. Tanto o profissional como o dirigente confirmaram o contato inicial.

Parcerias

O Moto também agiliza os contatos visando o fechamento de parcerias com empresas (via Lei de Incentivo ao Esporte) e os governos estadual e municipal, pois no momento se encontra sem receita capaz de suprir as despesas de final do ano. Quando ainda era candidato, Yglésio fez algumas propostas, mas de imediato teve a resposta de que o assunto só seria tratado após as eleições.

VER COMENTÁRIOS
Esportes
Entretenimento e Cultura
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias