Em Pinheiro

Homem leva mãe de mais de 90 anos para dar golpe em banco

Segundo o delegado regional de Pinheiro, Wolney Cesar Rubin, a idosa possui dificuldades de locomoção, audição, visão e fala.

(Foto: Reprodução)

Na manhã da última terça-feira (21), um homem, de 62 anos, foi preso em flagrante pela Polícia Civil do Maranhão pelo crime de estelionatário no município de Pinheiro, no Maranhão.

De acordo com o delegado regional de Pinheiro, Wolney Cesar Rubin, a polícia recebeu denúncias relatando que dois idosos estavam em um banco na cidade, tentando realizar um levantamento de benefício previdenciário se utilizando de documentos com procedência duvidosa.

Ainda segundo o delegado, os policiais civis compareceram na agência bancária e conduziram os idosos até a sede da delegacia de polícia. Após uma cuidadosa averiguação, a polícia descobriu que os documentos apresentados pela dupla eram falsos.

O delegado informou, ainda, que o homem negou participação no crime, informando, inclusive, que não conhecia a idosa de mais de 90 anos de idade.

Dando continuidade em buscar mais informações sobre os dois detidos, a Polícia Civil descobriu que a idosa, que possui dificuldades de locomoção, audição, visão e fala, é , na verdade, a mãe do autuado, e que ela não tinha nenhum conhecimento acerca do crime.

Diante dos fatos, foi dado voz de prisão ao homem pelo fato dele ser o autor mediato do crime de estelionato, utilizando-se de sua mãe, que não possuía condições de discernir sobre a conduta criminosa ou se portar de outra forma.

VER COMENTÁRIOS
Esportes
Entretenimento e Cultura
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias