PARLAMENTO MUNICIPAL

Atraso no auxílio de cultura de São Luís

Jhonatan Soares, vereador do Coletivo Nós critica atraso no pagamento do auxílio emergencial de cultura. Já se passaram mais de 30 dias da data programada.

Foto: reprodução

Na sessão ordinária dessa terça-feira (24), o Coletivo Nós (PT), por meio do co-vereador Jhonatan Soares, usou o Pequeno Expediente para manifestar indignação e se pronunciar sobre o atraso no pagamento do auxílio emergencial de cultura aos grupos culturais do município. No início do pronunciamento, o parlamentar leu para o plenário uma nota, feita por vários grupos culturais de São João da capital, que solicita à gestão municipal esclarecimentos a respeito do atraso no pagamento do auxílio.

No discurso, Jhonatan Soares expressou indignação ao destacar que o pagamento ainda não foi realizado, 31 dias após a data divulgada para o depósito dos valores. O parlamentar também apontou que, para aprovação da mensagem do prefeito Eduardo Braide (Podemos) relativa à concessão do auxílio, a Câmara de São Luís abriu mão de alguns protocolos para dar celeridade ao processo, visto que o auxílio tinha um caráter emergencial.

“Esse atraso é a prova que a Secretaria de Cultura não tem dialogado com a população que faz cultura na nossa cidade. Se a Câmara abriu mão de burocracias para dar celeridade ao pagamento do auxílio, por que a Secretaria de Cultura não pode fazer o mesmo?”, perguntou.

Ao final do pronunciamento, Jhonatan Soares relembrou que se inicia nesta terça-feira a Conferência Municipal de Assistência Social de São Luís, levantando uma crítica de que o evento não recebeu a divulgação necessária.

VER COMENTÁRIOS
Esportes
Entretenimento e Cultura
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias