CORONAVÍRUS

No Maranhão

568
353095
309592
10120
Entrevista

Márcio Jerry prega unidade para 2022

Em entrevista a O Imparcial o secretário da Secid, Márcio Jerry, revelou como a legenda comunista está se articulando para se fortalecer e continuar firme na base do governo.

Márcio Jerry é entrevistado na TV Imparcial.

O secretário de Estado de Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid) que está licenciado da Câmara Federal, em entrevista a O Imparcial revelou de que forma o PCdoB está se fortalecendo para as eleições de 2022, após a migração do governador Flávio Dino para o PSB.  Márcio Jerry fez questão de ressaltar que o PSB é um partido irmão do PCdoB e o governador Flávio Dino é uma pessoa que tem compromisso com o ideário da legenda, com o  programa, e com o  fortalecimento do PCdoB, inclusive no Maranhão. “Há momentos que você faz reposicionamentos táticos, mas você não sai da mesma trincheira de luta. O governador Flávio Dino é um aliado importante para o nosso partido PCdoB, sendo uma pessoa como se ainda estivesse no partido”, disse o secretário.

Durante a entrevista, Márcio Jerry, que é o atual secretário estadual do PCdoB,  afirmou que a legenda comunista tem uma relação muito boa com a legenda socialista e um diálogo nacional bastante produtivo. “Isso não nos trás prejuízo, como alguns inicialmente enxergaram. Nós não tivemos saídas além do governador Flávio Dino no nosso partido, que continua com a sua militância firme, e seus deputados continuam integrados ao partido.  Temos chapa de deputados federais para concorrer no ano que vem [as eleições de 2022] e chapa de pré-candidatos a deputados estaduais”, enfatizou Márcio Jerry.

O secretário acrescentou que na semana passada fez uma reunião com 187 presidentes do PCdoB no estado Maranhão, que possui 217 municípios. Márcio Jerry reafirmou que o partido continua forte, vibrante, vigoroso, portador de um arsenal muito grande de realizações pelo povo do Maranhão. “O PCdoB está presente no governo Flávio Dino, sendo a maior legenda presente, portanto é um partido que tem muito a contribuir com o nosso estado e com o Brasil”, enfatizou Jerry.

Sucessão governamental

Sobre o diálogo para a sucessão ao governo do Maranhão nas eleições de 2022, Marcio Jerry, fez questão de deixar claro que a legenda comunista até o presente momento prega o sentimento de consenso e imparcialidade entre um possível apoio ao senador Weverton Rocha (PCdoB) e o vice-governador Carlos Brandão (PSDB), ambos  pré-candidatos ao governo do estado no pleito do próximo ano. 

“Respeitamos o senador Weverton Rocha do mesmo modo que respeitamos o vice-governador Carlos Brandão. São dois legítimos postulantes a candidatura a governador ano que vêm. Debatemos com os dois igualmente. O nosso partido ainda não apontou ainda qual a sua opção para o ano que vem. Nos sentimos muito honrados com a presença do senador Weverton na 1ª conferência municipal organizada pelo partido em Barreirinhas, onde também estavam representantes do PT, do PL, o vice-prefeito, e representantes de outros partidos de Barreirinhas. De modo que em outros eventos de conferências municipais teremos a presença do vice-governador Carlos Brandão, como teremos a presença da senadora Eliziane Gama (Cidadania) e de tantas outras lideranças do Maranhão, a depender de qual cidade ou região se faz a conferência”, acrescentando que as conferências do PCdoB estão abertas para quem quiser participar delas.

Jerry concorrerá à reeleição para deputado federal

Márcio Jerry fez questão de ressaltar que é fundamental que o grupo político que faz parte da base do governador Flávio Dino assegure a unidade. Ele lembrou que a unidade conduziu o grupo até aqui. “A unidade fez com que nós elegéssemos o governador Flávio Dino em primeiro turno em 2014 e reelegêssemos Flávio Dino em 2018 em primeiro turno. A unidade fez com que elegêssemos Carlos Brandão duas vezes vice-governador, que elegêssemos Eliziane senadora, que elegêssemos Weverton senador. Então, esse é o caminho da vitória. O Maranhão precisa da união desse grupo que faz a mudança no estado”, reafirmou o secretário da Secid, apontando os avanços estruturantes que o governo tem feito nestas duas gestões sob o comando de Flávio Dino.

Sobre o seu futuro político, Márcio Jerry adiantou que vai concorrer novamente ao cargo da Câmara Federal nas eleições de 2022, mas não descartou outras possibilidades. “Disputarei a eleição de Federal no ano que vêm. O nosso partido tem um desafio muito grande que é superar a cláusula da barreira. E para isso estou preparado para fazer uma grande campanha com fé em Deus e com a força do povo em conquistar uma grande vitória. Mas, evidentemente, com toda humildade que eu me sinto preparado para qualquer desafio. As pessoas para assumir uma função no Executivo, por exemplo, precisam ter biografia, e eu tenho. Precisa ter conhecimento do Maranhão, eu tenho e muitíssimo. Para ter uma vida pública marcada pela probidade, pela honestidade, eu também tenho, de modo que estou habilitado a disputar qualquer cargo dentro do Maranhão”, reafirmando que no ano que vêm disputará a eleição a deputado federal.

Questionado sobre o que esperado do próximo governador do Maranhão, Márcio Jerry, afirmou que o futuro governador ou governadora terá um desafio imenso de dar sequência ao legado do atual governador Flávio Dino.  “Não será fácil porque nunca se governou com tamanha performance como tem governado o companheiro Flávio Dino. Quem for sucedê-lo terá a missão de ampliar as escolas de tempo integral. A gente não tinha uma, agora tem cem. Ampliar os restaurantes populares. Tinha cinco, já estamos em 55 e chegaremos a 70. Fazer com que a gente tenha mais hospitais regionais e macro regionais. Tínhamos 01 agora temos 14, e 18 regionais, policlínicas no estado do Maranhão que não tínhamos nenhuma. Temos o [Projeto] Sorrir, que é uma clínica odontológica que é da rede estadual. Enfim, nós temos que fazer com que este legado continue”, finalizou Márcio Jerry.

VER COMENTÁRIOS
Esportes
Entretenimento e Cultura
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias