CORONAVÍRUS

No Maranhão

6100
105183
89031
2640
MÚSICA

Apresentações ao vivo em bares e casas de show no Maranhão podem retornar em agosto

Curva manter-se estabilizada e redução no número de casos de covid-19 são alguns dos critérios para que isso ocorra, informou Flávo Dino

Bar e restaurante na Avenida Litorânea, São Luís - Foto: Lucas Prazeres

O governador do Maranhão, Flávio Dino, durante coletiva de imprensa de forma remota realizada na manhã desta sexta-feira (17), afirmou que ainda não é o momento de liberar apresentações artísticas ao vivo em bares e casas de show.

De acordo com o governador, é evidente que a classe artística tem enfrentado dificuldades financeiras por conta da pandemia da Covid-19. No entanto, segundo Dino, baseado em estudos de todo o Governo do Estado, seria arriscado promover esse tipo de evento nesse momento. Por isso, até o final de julho permanecem proibidas as apresentações ao vivo no Maranhão.

A previsão, conforme o governador, é que os eventos ao vivo retornem em agosto, caso a curva se mantenha estabilizada, ou até mesmo reduza o número de casos de covid-19 e a curva de contágio fique abaixo de 1%. Para isso, sua equipe de governo tem dialogado com as entidades empresariais e culturais.

Redução de multas e juros no pagamento do ICMS e IPVA

Ainda durante a coletiva concedida por Flávio Dino, foi anunciado redução de multas e juros para os pagamentos do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e Propriedade de Veículos Automotores (IPVA).

Confira as mudanças:

Benefícios fiscais para débitos em ICMS

Para débitos atrasados gerados até 30 de junho de 2019

  • Haverá uma redução de 90% da multa e 50% dos juros para pagamento à vista;
  • Em ate 60 vezes, com redução de 90% da multa.

Para valores vencidos durante a pandemia – 19 março e 30 de junho

  • Pagamento à vista: desconto de 100% nas multas moratórias;
  • Parcelamento da dívida em até 12 vezes, com multas moratórias e juros.

As medidas fazem parte da Medida Provisória 321/2020 em que foi instituído o Programa Especial de Pagamento e Parcelamento de débitos fiscais.

Para usufruir dos benefícios o contribuinte do ICMS deve realizar no prazo de até 30 dias contados da publicação da MP (15/07), a regularização do seu débito com o pagamento total ou parcial do seu débito, pagamento à vista ou da (primeira) parcela.Benefícios fiscais para débitos de IPVA

IPVA 2019 e anos anteriores atrasados

  • Pagamento à vista: desconto de 100% em multas e juros;
  • Até 12 vezes: 60% de desconto em multas e juros;
  • Adesão até 30 de setembro de 2020.

IPVA 2020 atrasado

  • Pagamento à vista: redução de 10% no valor total, sem juros e multa;
  • Até 5 vezes: pagamento até 30 de dezembro de 2020;
  • Veículos novos: prazo de pagamento de 60 dias após nota fiscal;
  • Adesão até 30 de setembro de 2020.

Ainda durante a coletiva, o governador Flávio Dino mencionou outras medidas que já haviam sido adotadas, como:

  • Adiamento do pagamento de parcelas do simples para micro e pequenas empresas;
  • Mudança no calendário do IPVA;
  • Isenções tributárias de ICMS para produtos de combate a pandemia;
  • Introdução de produtos nas cestas básicas;
  • Prorrogação das validades de certidões negativas de débitos.

Volta às aulas

O governador Flávio Dino anunciou ainda que na próxima semana editará o primeiro protocolo pedagógico para a rede estadual de ensino.

O governador afirmou que o protocolo será exclusivamente para as turmas de terceiro ano, e de acordo com os indicadores da doença, os protocolos para outras turmas deverão ser anunciados.

“Esse protocolo será estritamente vinculado ao terceiro ano do ensino médio, pois nós vamos iniciar as atividades, durante o mês de agosto. E de acordo com os indicadores do novo coronavírus, avaliaremos a situação dos outros níveis de ensino”, disse o
governador.

Coronavírus no Maranhão

Mesmo com os 217 municípios contaminados pelo novo coronavírus, de acordo com o último boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), nesta quinta-feira (16), o Maranhão apresenta uma situação de estabilidade.

O boletim informa que o estado tem 104.126 casos confirmados de coronavírus e 2.608 óbitos. Nas últimas 24h, foram notificadas 36 novas mortes e 1.657 casos de Covid-19. O interior do estado contabilizou 1.526 novos casos, Imperatriz registrou 19 e a Ilha de São Luís teve 112.

Mesmo com os 217 municípios contaminados pelo novo coronavírus, de acordo com o último boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), nesta quinta-feira (16), o Maranhão apresenta uma situação de estabilidade.

O boletim informa que o estado tem 104.126 casos confirmados de coronavírus e 2.608 óbitos. Nas últimas 24h, foram notificadas 36 novas mortes e 1.657 casos de Covid-19. O interior do estado contabilizou 1.526 novos casos, Imperatriz registrou 19 e a Ilha de São Luís teve 112.

Em contrapartida, o número de pessoas recuperadas da doença já é quatro vezes maior que o de casos ativos. O estado já contabiliza 87.059 pessoas curadas. A taxa de letalidade no estado (2,5%) continua abaixo da média nacional (3,81%).

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Notícia Boa
Checamos
Polícia
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias